Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Rain's Day

..
Chove aqui 
em 
Porto Alegre.
Estou contente
com 
uma 
ideia que 
existe na cabeça...
algo tão 
profundo na
minha mente..
não criei nada nela,
ali flutua,
e
na cabeça de ti, 
que é quem me lê, 
percebes 
algo latente..
mas é de alguém
que dá ou sente 
esta fascinação... 
E não tem a menor 
obrigação de acontecer. 
Eu acho tão bonito. 
Ista interação entre nós.. 
de ser abstrato, 
virtual..
sei que já não 
podemos deletar..
assim..
sem mais ou menos.. 
A beleza esta nisso...
não é algo tão fugaz. 
Que existe,
e não tem a menor 
obrigação de convencer, 
ninguém...
como um rio vai..
vai...
pura franqueza. 
Pois que seja franqueza então. 
A alegria que me dá isso. 
Isso vai e vai em sem eu dizer..
sem você dizer. 
Se amanhã não for nada disso. 
Caberá só esquecer e..
esquecer. 
O que nós ganhamos,
acho que sempre ganhamos acima de tudo, 
o que eu perco, 
o que tu perde
o que se perde 
não importa. 
Ninguém precisa saber detalhe de tudo.
Os dias na Universidade... 
são como uma terapia e divertidos.
Escrevo dizendo que
nossas vidas 
com seus atropelos 
e pergunto o que seria da vida 
sem eles.
Sobre as "obviedades e coisas mundanas" 
que falaste, acho falar sobre 
cada coisa
depende de cada um, que faz parte 
de nossa vida, das relações 
entre as pessoas. 
Essas coisas comuns ás vezes não são 
tão comuns assim,
são elas que nos tiram o sono e ao meu ver, detalahr
ou
transmiti-las não empobrece
quando por ventura nos incomodam e 
ou preocupam. 
A questão é a quem falar, 
portanto
as vezes é melhor não falar.
Na verdade, quando li sua mensagem ontem 
fiquei triste, tive a
impressão de
que me vê como uma invasora, 
talvez seja paranoia minha, pois
não quero ser invasor de mentes apenas quero
saber das tuas obviedades 
porque tenho interesse em saber das
tuas coisas mais simples,
não é nada além
disso, apenas
queria ter
alguém à quem pudesse 
falar das tuas coisas, 
sejam elas
obviedades/coisas
mundanas ou não, 
quando quisesse, 
pelo menos 
vejo o teu lado 
mais humano,
como
alguém á quem
possa falar de mim.
Quer  que 
seja assim,
nenhum dia sem noticias suas.