Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

domingo, 16 de abril de 2017

Verdades Secretas III

Eu sei 
do poder 
que as imagens 
e  
que 
palavras têm.. 
ao compor 
um texto. 
Apesar 
de escrito,
tudo aqui
continuará 
em 
minhas memórias.

já não será
tão secreto assim...
Assim coisas 

vividas,
imaginadas,
sensações,
algumas reais 
outras
são fantasias..
Mas

antes de escrito,
são
uma 
parte secreta da vida
que todos tem....
na  

sua memória...
as vezes 

não 
tão secreta assim...
O que nos leva 

a escolher algo assim
na vida...
manter sob sete chaves.
Desconheço...muitos 
dos motivos,
mas um deles 
refere-se a  
algo obtido de forma sigilosa.
...
Nada pior 
que 
a
vida sem
emoção 
e sem emoção,
não tem vibração...
este é 
um lado que
não merece 
ser escrito.
Eis também outro

lado,
da emoção 
de sentir 
a fascinação 
por alguém 
e admitida 
em certo momento,, 
Se fomos apenas 
espectadores, 
de alguém,
quando a admiração 
se torna realidade
tem lá suas razões..
de nos deixar inquietos,
excitados e emotivos. 
Tudo que ela  fazia 
não era para alguém,
não era para mim
era isso que 
imaginava, 
quando a via, 
parecia
estar encenando.... 
Um dia admitiu
era algo para mim 
e a satisfação 
vinda não em 
um
sonho erótico...
mas vinha  
de alguém, era
algo que 
acontecia no 
real momento...
Tudo ali na 
sua frente 
o prazer 
de olhar..
gestos.
sensações,
muito além 
de pensamentos.
...
Neste 
mundo  
onde 
há 
tanta...
ou 
até
muita gente..
que vive de imagens.

muita 
gente 
que 
acredita 
tanto na imagem,
que 
nem perde tempo 
se perguntando 
o que pretende 
ao 
ver..
Eu sou dum tempo 
que se foi, 
a imagem era algo
dos mais sagrados,
percebia tudo nos 
pequenos 
detalhes.

guardava imagens
para ver e rever...
de lugares 
e mulheres. 
Sobre algumas 
lembranças,
lembro de 
Brigite Bardot,
Jane Fonda 
e lógico Marilyn Monroe.
...
Talvez 
buscasse alcançar 
alguma
parte 
secreta 
da vida,  
em algum momento 
dentro da 
minha verdade íntima. 
Neste mundo  
onde 
há muita gente...
banal.
Acredito, 
imagens 
não 
se perdem 
no tempo,
elas instigam 
não mentem
colocam ou 
impregnam 
a beleza em nossa
na mente ,
junto ao bom  gosto,
ficam
no seu radar.  
Acredito 
mais se vierem imagens
reais 
e mais 
de quem for 
talvez um anjo..
que pouse 
sobre minha cama.
...
Acredito.. 
mulheres 
são anjos..
Há sempre dentro 
de nós 
uma 
sensação
se ser 
esta
uma
verdade 
incompreendida, pelos homens... 
contudo,
nem todos. 
No caminho 
sempre 
encontramos
com 
uma mulher, 
algo revelador, 
ou 
outras ideias,  
mais reveladoras.
Numa época 
que a vida 
era menos vulgar..
houve um mulher 
encantadora na minha vida.
Tudo era puro 
e inocente, 
eu já 
não era 
um adolescente  
como era,
num
mundo,
dos fim
dos anos 
1960, 
que 
sentia diretamente 
os efeitos 
desse encantamento.. 
descoberto 
no mundo 
das 
gurias 
ou meninas, 
que todo guri 
tem vontade 
de ter,

que 
foi seguido 
de alguma ou pouca
decepção 
e muitas 
ou
muita excitação..
...
Sempre tive predileção 
pelos 
lábios carnosos 

ancas 
delicadas e diminutas
e movimentos 
vagarosos e suaves.
Em vez de remexer tudo..
prefiro ser pontual 
nessa trajetória 
por meio 
de dezenas de 
boas lembranças..
Busco alguma 
que misturam-se 
aos muitos
desejos, 
memórias
e fascinações de um cara que 
já não era 
um menino incomum,
já vivia perto dos 30 anos.
...
De uma 
mulher, 
eu não sei 
qual revelar..
a mais 
de todas,
sempre 
há uma outra 
que 
nos confundem,
Em mim 
uma 
doce 
memória..
e a
AUSÊNCIA DE FATOS IRREAIS.
relativo a presença da mulher.
HÁ fatos..
de uma mulher, 
morava na cobertura,
do prédio 
da Borges 
de Medeiros
eu
já Médico 
morava ali 
no edifício
em Porto Alegre...
Me 
encontrava 
as vezes
no elevador
Num dia que a  
encontrei... 
Olhei e ela
me disse...
O que você 
quer de mim.
O que procura..
Sim, nada demais..
Respondi.
Retrucou...
Eu não peço nada 
a ninguém,
estou muito bem,
e muito
bem com 
meus cães 
e gatos..
Alguns dias depois,,,
me disse,
Eu já disse tudo...
mas 
fazia de conta 
o que 
eu não sabia..,
e era tão curioso.
Você não precisa 
de mim 
para nada.
Na vida, 
é melhor não 
precisar de ninguém.
Deixe-me em paz.. 
reagiu irada  
às solicitações minhas.
No entanto, 
ela não deixou 
de ser generosa,
ao 
convidar a ir sua 
cobertura e lá
me autorizar 
adentar ao lugar,
onde 
viveu romances 
com 
políticos 
e poderosos, 
me permitiu 
o ver seu baú 
de imagens 
e
arquivos pessoais,  
lindas
cartas que escreveu.
Sim ela viveu
intensamente
no glamourosos 
anos 60,
um tempo 
um lugar que 
que 

não existia 
mais
ou não 
se  
via mais, 
em Porto Alegre,
não 
há até hoje, suas
memórias escritas.
Esta ausência 
de registros  
que se apresentava..
me  
faz pensar, 
numa inesperada  
dose de segredos.. 
a quem como
eu, 
tinha 
predileção por olhar,
ouvir 
e ver
confissões e fotos 
como se fossem
e eram 
de uma 
mulher 
que não 
tinha 
só um 
belo corpo...
mas muita vontade de 
viver coisas novas.
Completo 
esse post 
como 
se fosse 
da própria fala, 
narrando, 
confessando, 
julgando e, 
por fim, 
aceitando 
meu  
encanto 
meu carinho 
ela,
sim
por esta mulher 
que é, 
como tudo 
na mulher 

na memória, 
mais que 
uma imagem 
nua 

cabelos longos..
Um anjo.