Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

sábado, 31 de outubro de 2015

Connective Strand

Um emaranhado de fibras..
é o Connective Strand 

cerebral.
um bosque..
árvores 

permitem 
que uma luz..
passe,
transponha..
sem barreiras.
Nosso cérebro é tão hábil 
e criativo, 
por isso..
precisam
e tem estas conexões.
Nas aulas de neuroanatomia,
na Medicina,
ficava imaginando
vendo o tecido cerebral,
aquela massa branca.. 
do quanto sentiu,
ao ser humano,
o ser que ai existiu..
Como era por dentro...
quem foi,
ninguém saberá..
A mente de outrem ali,
sem nome 
sem identificação,
um universo com que 
não há comunicação 
possível,
mas na nossa mente,
do homem de hoje,
de nós humanos
e assim
não há um verdadeiro entendimento...
sabemos muito mais hoje da mente, 
não só da nossa,
não é suposição..
no fundo...
é o mundo da neurociência.
não há lugar semelhante..
o lugar é ali que 
ocupa-nos sobre esta reflexão.
Nossos neurônios...
interconectam...por tecidos..
que permitem esta 
reciproca troca de substâncias e neurotransmissores,
dopamina, serotonina, adrenalina etc, 
de onde vem o pensamento, 
a inteligência..
as relações sinapticas.
Por exemplo..
todo nós sabemos que o bom sono 
ajuda de modo pratico, 
o cérebro..
A atividade REM ajuda 
o cérebro
a construir conexões neurais, 
especialmente áreas nobres
como as visuais.
BEM ISSO FAZ DO IMAGINÁRIO
OU DAS ELUCUBRAÇÕES
DE UM CIDADÃO COMUM...
Eu sou Médico 
então sou um pouquinho saber além do comum..
Pequenas redes de um extenso 
circuíto cerebral no encéfalo,
chamo de minha mente..
Temos a habilidade de mudar 
conexões de uma célula outra, 
andamos por ai, 
se mudamos então podemos 
ser flexíveis no pensamento, 
escolher com quem queremos estar, 
como queremos o mundo. 
Felizmente o que escolhemos ontem não vai pré-determinar que vamos escolher amanhã.
Ai então o futuro... 
muitos tem idéias que muito é possível e isso gera debates sobre os limites da lógica disso,
A compreensão da mente humana...tem a ver com computador..mas é só isso.
O cérebro humano muito pode-se imaginar..mas inteligência artificial e semelhante ao cérebro humano está longe....nada há como nosso cérebro tão hábil e criativo.
Estamos anos-luz de reproduzir 
a complexidade da mente humana, 
mas isso não significa que o desejo 
de algo assim esteja errado por princípio.
Pensamentos assim sempre imagino e o computador funciona com um principio matemático e que acha tudo isso impossível..que tem essa visão de achar que algo vai conceber algo igual a suas ideias.
Se a mente fosse redutível a uma máquina, que muitos acreditam não teria o livre arbítrio não passaria de algo com impulsos programados.
O sistema formal de pensamento  é incapaz de se prever.
A matemática, 
esta é fruto da criatividade humana
para interligar informações.
Mas a luz.. 
o lindo verde das plantas...
dentro da mata..coabitam 
e meus olhos, o percebem...
dentro da mente..
tudo se conecta, numa imensa 
riqueza de interconectividade 
neuronal, 
certo ou talvez o universo 
seja a maior coisa..
que exista, mas sem nosso
cérebro 
não teríamos a menor noção disso...
Diante do pensamento atual..
que admite que Evoluimos
de homens sem inteligência...
evoluímos ao simples 
ao pensamento abstrato.. 
ou simbólico,
e ao raciocínio..

Dedo de Deus

Muita coisa acontece,
vendo,
observando 
na capela 
Sistina...
o teto pintado 
por 
em homenagem ao
Se apruma tudo 
agora, 
olhando para o alto..
vendo 
o dedo de Deus.
O Nome Sistina vem 
de Sisto IV... 
o Papa 
que criou 
esta capela.
Julio II seu sobrinho, quem mobilizou forças para os pincéis de Michelangelo. 
Tenho em mim 
um
sempre  um mesmo 
sentimento,
nesta perspectiva bela,
do quase sonho.,, 
A visão...
Pictórica, 
de Michelangelo..
imagino a explosão criativa. 
Já há um tempo,
me ensinara, 
que a realidade 
no céu, 
verdadeiramente
Divino.  
A presença suave.
onde miro...
que se traduz assim
em admiração
de todo entorno...
Um momento feliz..
que já ouvia 
um dia,
no berro do bois...
o som do rio...
o fogo de chão.
Hoje,
um dia 
não como qualquer
na vida, 
um dia incomum.
De excepcional, 

olhar tudo,
nesse dia.
Enquanto a vida orienta 
os homens...
para o belo encantador,

avisto toda maior obra da Renascença.
Aqui pequenos fragmentos
do que passa na minha mente...
Um olhar,
Um desejo..
ao sair da capela,
depois de ver,
como transformador 
oportuno sair,
na retirada..
Voltar a intimidade
do comum..
simples. 
Aqui, é uma mistura de tudo.
Deus,
religiosidade,
tudo que compreendemos está aqui..
Mas posso defender uma ideia,
que foi
e sempre será..
um lugar que..
confesso,
vivi...
com emoção.
Momentos  
aqui, este encontro,
jogam mais luz 
sobre a vida
toda história..
Não há como explicar tudo..
da existência do gênio,
preferível  é aprecia-lo.

Confession.

Cansei,
não
guardo
mais,

cartas antigas
que amarelam.
Uso palavras..

mesmo,
que,
já 
que 
haja
lembranças
n
nosso
pensamento 

é invisível,
então sinta  

um sopro,
suave
com toda delicadeza,
do mundo,

que 
se pode enxergar
de uma alma,
nestas palavras tão doces,
tão amigas...
na
bela poesia de
fazer arder...
de desejos
de fazer,

fechar os olhos...
assim, agora,
como antes,
que
comecei a sentir...
tudo 
num lindo
jardim de encantos
e cores
Ao,

encontrar-te,
voltei
acreditar, 

que
............................
"existem coisas feitas para o coração"..
Palavras que assim,

transmito,
meu turbilhão interior ...
...

da 
Mulher linda..
teu nome,
o
primeiro
é meu

instante mágico,
tudo,

só simpatia,
como que já a 

conhecesse há muito lá nas velhas cartas,
foi
entrando assim,

em minha vida.
Reparto coisas
que só se reparte
entre quem
se tem
confiança.
....é teu nome,
sensual, 

cheia de desejo,
E em caso seja pego
por gostar demais,
serei réu confesso...
Uma presença de alguém assim
me deixa..
repartir
estas palavras...

Panis Et Circenses

Panis Et Circenses....
Eu quis cantar 
Minha canção iluminada de sol 
Soltei os panos 
sobre os mastros no ar 
Soltei os tigres 
e os leões nos quintais 
Mas as pessoas 
da sala de jantar 
São ocupadas 
em nascer e morrer
Mandei fazer 
De puro aço 
luminoso punhal 
Para matar o meu amor e matei 
Às cinco horas na Avenida Central 
Mas as pessoas da sala de jantar 
São ocupadas 
em nascer e morrer....
Mandei plantar 
Folhas de sonho no jardim do solar 
As folhas sabem procurar pelo sol 
E as raízes, procurar, procurar 
Mas as pessoas da sala de jantar 
Essas pessoas da sala de jantar 
São as pessoas da sala de jantar 
Mas as pessoas da sala de jantar 
São ocupadas em nascer e morrer
Canção original
Caetano Veloso, Gilberto Gil
Photos
Rebel.

São Brás.

Quem sabe 
quem se importa 
comigo...
É a rua 
que caminho..
De noite.
Com um sopro,
tudo se apagou.
nossa chama do amor..
Cinzas do desejo,
permanecem
no fundo do mar
Um amor profundo 
demais 
pra ser revelado
depois da tempestade
Quem sabe,
quem,
se importa comigo..
É a vida
Como numa canção...
Fora do tom 
e fora do tempo
Mas
agora que preciso..
algo 
que rima..
como uma
canção 
que gosto
ouço tocar.
C'est La Vi....
Musica e letra de
Emerson Lake Palmer
Querida..foi
um 
sentimento intenso de fusão..a paixão
foi como perder-se um
outro mundo,
diria o 
meu 
poeta. 
O meu 
Eu de médico
diria.
Apaixonados inventam coincidências. 
São assim..
Coincidência. 
Descendentes de Italianos que somos..
Latinos.
Coincidência. 
As famílias imigraram há 130 anos 
vindo
da mesma cidade da Itália..
Coincidências. 
Sim..
Gostávamos da mesma cor..
azul..
Loiros..
olhos claros...
verde o seu..
azul o meu..
C no nome..
Nunca 
Nunca 
tiramos as amídalas
mas na infância..tivemos 
dores de garganta..intensas,
mas temos fé em São Brás..
Seu filme predileto é,
]amor e paixão 
estrelado por um ator Italiano...
Mais coincidências 
tudo é mais intenso..
então sinto
como se te 
se tornasse uma invenção.
A invenção da nosso vida..
No divã...agora
Dizia ao Doctor.

Os apaixonados são assim,
sentem que são 
capazes de tudo, 
de superar tremendos obstáculos, 

de fazer sacrifícios descomunais.
Tudo é superlativo na paixão, 
sim tudo
age como 
um antidepressivo potente, 
mais 
nela 

paixão
em 
que tudo parece...
mas sentimos
no fundo encobre um grande vazio 
e enorme desamparo.
A paixão, 

é um tipo particular de ilusão, 
comum 
confundirmos desejo com realidade. 
Tudo é intenso
e impulsionado..
pelo urgente necessidade 
prazer,
de completude e 
assim
que paixão nos fisga,
e costuma 
atribuir importância descomunal 
ao destinatário de tantos sentimentos. 
Resiste à realidade, 
gera medo e loucura..
não apenas
nada é 
só prazer intenso. 
Ah é assim..
como tudo funciona,
tudo como uma droga excitante
sei que algumas pessoas buscam estar assim, 
num contínuo estado de paixão, 
então...
pois eh precisam disso para viver 
..............da mesma forma que o vício precisa de sua droga.
Apaixonados..então
se tornam submetidos ao objeto da paixão, 
então 
comportam-se como se estivessem diante de um......... 
Deus todo poderoso...my God... 
Tal desamparo,
revela-se na idealização do amor e do amado 
na perfeição 
que assim existe apenas em nossas fantasias..fantasy, 
e por isso associamos paixão à uma cegueira.
Bem de fato, é assim,
quando estamos apaixonados..
somos e nos nos tornamos 
mais vulneráveis ao 
engano e a farsa,
próprios..
enganosos sentimentos
Sim e corremos riscos.., 
embora o sejam os mais doídos dos riscos
e depois
sejam uma decepção e  até o fim desse estranho 
estado de excitação.
Mas a paixão 
querida 
não dura para sempre, 
o êxtase arrefece 
e ai diminui diante das inúmeras 
frustrações comuns a todos os relacionamentos..
eh humanos que somos. 
Sei de muitos casais 
que se separam nesse exato
momento porque não querem 
ou que,
não conseguem transformar 
em amor aquele forte sentimento.
O amor é um terreno misterioso, 
eh tudo meio misterioso....
convoca sentimentos menos intensos 
do que a paixão, 
se consolida na solidariedade, 
nos cuidados e na ternura 
e nos  revela afinidades. 
O amor suporta as diferenças, 
em seus conflitos 
e também os interesses próprios. 
Costuma o amor,
ser meio preguiçoso, 
combate a solidão 
e se liga a coisas mais banais, 
menos idealizadas.
O amor é sim,
........................uma invenção miúda e fica, 
que passa à margem da vida. 
Como são por exemplo
os alfinetes, 
as linhas 
e agulhas de costura, 
ninguém se lembra disso, 
....................ninguém vive sem isso.
O amor costura, 
faz bainha de calça, 
prende botões e ajusta. 
É um sentimento raro, 
eterno por todo tempo que dura..
por isso,
não é eterno, 
nem digamos 
espetaculoso, 
he..
embora seja espetacular. 
Opera de forma silenciosa. 
Como os meus botões das minhas camisas, 
só os percebemos 
quando falta.
ou como
a bela margarida...
Sempre tá ai...
bela e discreta...

Artificial.

Não vou ficar só no trabalho visual...
Pinceladas então ....
não fico só na reflexão etc..
mas vendo a manada,
impossível não 
pensar,
numa picanha, 
DE FATO,
É REAL, 
lembrei disto também.
vendo 
entrar num frigorífico
um caminhão 
com um reservatório tanque,
de sabores a granel
usados nos produtos 
ali fabricados..
para vender mais,
com os aromas artificiais 
embutidos, 
em alimentos, 
como sabores de queijo,
de carne, 
bacon, 
churrasco
e  sabor de pizza 
ou de ervas.
É cada vez mais difícil 
achar alimentos 
industrializados
com sabor natural,
porque os aromas
e sabores artificiais
fazem você ter uma 
estimulação maior.
Em vez de senti-los 
por dez minutos,
eles permanecem por muito 
mais tempo...
Os aromas artificiais que mais 
estimulam
o apetite são os encontrados 
em muitos alimentos.
Nessa linha, as grandes redes 
de Fast Food também investem 
bastante
para estimular 
o consumo exacerbado.
É bem estabelecido 
que o alimento mais palatável 
provoca maior ingestão porque, 
obviamente, é mais saboroso.
Então, alterações químicas 
e físicas no alimento,
criando um "super comida" microscopicamente formulado
não é um cozinheiro que faz 
o hambúrguer,
e sim engenheiros 
de alimentos...
da empresa com intuito 
de vender, 
que o que importa.
Este é o mundo 
que temos 
diante de nós,
do lucro acima de tudo
então..
claro reflexão é importante....
por ela vamos as dimensões 
importantes
que estão esquecidas muitas 
vezes por nós...
Você sabe que aquilo 
que não se vê diretamente...
é o que importa...
muitas vezes, para entrar
certas manipulações
eh onde há a felicidade..
tranqüilidade no profundo,
que emerge quando o ser humano para, faz silêncio..
pausa sua VIDA,
começar a olhar para dentro de si 
e a pensar seriamente...
escutar as vozes e os movimentos 
que vêm de dentro..
onde há..
o profundo, carregado de anseios, 
buscas e utopias...
algo que nos nos convida para o bem,
não apenas para si mesmo, 
mas também para as outra pessoas.
O nosso interior eh o que que 
realmente conta em nossa vida,
e ir até lá não pode ser delegado 
a ninguém...
Ter vida interior...reflexão...insight..
é uma energia que permite 
enfrentar os problemas cotidianos
sem o excessivo estresse...
isso nos dá uma certa garantia 
de não ter mais solidão.
A solidão é um dos maiores inimigos 
do ser humano,
porque o desenraíza da conexão universal...
da vida de outros entes queridos.
A vida interior nos religa ao
Todo
do qual cada um é parte.
Mas a vida interior eh importante
mas eu vou em busca de algo exterior
para explicara pq é importante 
a reflexão.
Somo manipulados de todos os lados,
A INDÚSTRIA DE ALIMENTOS  
MANIPULA A SACIEDADE
COM UMA SUPERESTIMULAÇÃO 
SENSORIAL
A INDUSTRIA DO LAZER, 
DE CARROS, 
DE ROUPAS ETC...
TAMBÉM FAZ 
DE OUTRAS 
FORMAS.
NOVOS VISUAIS, 
NOVOS AROMAS 
E SABORES, 
CORES,
É POSSÍVEL FAZER 
COM QUE AS PESSOAS 
COMAM,
CONSUMAM, 
COMPREM MAIS,
QUASE DE MANEIRA 
DESCONTROLADOS..
ENTÃO SOMOS MANIPULADOS, 
EM TODA HORA NADA MAIS TERRÍVEL.

UM LUGAR ESQUECIDO

Um Lugar esquecido
na globalização...
FAZ COM QUE 
NOSSOS 
LUGARES LINDOS,
FIQUEM
esquecidos, 
e os prédios, 
torres, e coliseus 
ou enlatados ocupem 
seus lugares.
Nas listas de FOTOS 
mais vistas, 
é raro encontrar 
motivos brasileiros.
Eu sempre acho isso..
que as pessoas não conhecem..
um lugar assim.
Haveria muitos outros motivos...
Felizmente, 
aproveitando minha passagem...
O rio Irani...
foi contemplado..
Com um fotógrafo,
a coisa é diferente.
É poderia ser até pior.
Eu gosto de trazer isso
e com grande felicidade 
que vi,
uma ponte,
o rio e as casas distantes,
agora na foto,
publicada aqui.. 
não é minha
foto preferida.
dos mais belos 
e raros rios selvagens.
Tive a felicidade de ver.
Era de um lugar,
cheio integridade sem máculas. 
Um ser 
feito de bondade, 
sábio 
e não humano...
fez isso.
Divino então.
Conhecê-lo 
e dos que 
o conheceram...
algo divino.
o destino que marcou 
eu estar aqui,
em um dia de minha vida.
Como um grande talento é,
eu a  encontrei, 
e uma foto que faz e faz parte 
de minha vida.
Curti sem som, 
leve,
 doce, belo.
senti sua força, 
e tão forte esse sentimento 
que transmitiu..
ouvindo as correntes de águas,
é a melhor forma de ver...
tornar melhor como 
pessoa humana.
É a beleza das imagens.. 
transfiguradas..
pela câmera.
Sempre haverá lugares assim.