Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Fim de setembro

Como estava frio
As chuvas, 
.....os dias cinzentos,
não são todos iguais.
Até mesmo ouvir as mesmas coisas
o pingar, 
o gotejamento na varanda....
Infelizmente, as vidas  tem algo chato
Mas a chuva
era o novo no fim de setembro,
a coisa que eu senti
na porta,
nas escadas
nas janelas
algo diferente
um ruído 
mas no fim da tarde ela se foi
Como estava frio....

Efêmero

Como deixar a marca do meu caminho,
em um mundo que devora tudo tão rapidamente..
Até hoje me pergunto..andando por 
Iomerê...
sobreviverá alguém ou algo neste canto do mundo.
E a melhor resposta que encontro é:
As ruas calmas de Iomerê nas quais circulávamos,
sempre que vou lá, estão  cobertas  de asfalto...mas estão ali,
ando na ilusão de que estávamos num fim de mundo..mas   é um belo lugar encravado entre montanhas, mas terra brasileira.
Tão logo andava se desfaziam essas fantasias da antiga Vila, colonial...ou de antigamente..
Agora, resta experimentar o privilégio  de seguir andando nas ruas na ausência...de muitos..
Os rostos que cruzávamos se foram  ou não existem mais...
Quem já não está mais...lembramos,mas deixaram suas marcas  há  mais de meio século atrás,  os padres, as Freiras, há  a igreja, o seminário, o juvenato, 
só que não estamos no fim do mundo, mas em Iomerê, bem no solo do Brasil... 
Antes de cada sobrenome familiar:
Penso, 
Mariani, 
Viecelli, 
Pastore, 
Zardo,
 Zago, 
Corso, Zanini, 
Peretti, 
e tantas outros, 
sempre havia uma palavra em português ou italiano: Francisco, Genaro, Pietro, Alessio, Vitorino.
Acho que escrever, fotografar, persigo algo...
é como dar voz às pessoas, 
objetos 
e lembranças..
de um tempo..
um longo tempo, 
que ainda existe...
na mente na lembrança de cada um..
que não teriam espaço no resto do mundo... 
Persigo alguma permanência, 
em um espaço num mundo em que tudo se dissolve...
Não é um culto a algo  vazio ou em declínio...
mas algo precioso, na minha vida, 
lugares que estão muito relacionados entre si...e a mim..
Quando o que você diz isso, se importa, mais a mim e mais alguém no mundo, então você se fixa nas lembranças e aparências....
não tenho muito mais a dizer.
.....além da admiração e do culto...
Temos  as colinas, a igreja..temos a uva, temos até as ruas, não precisamos nos perguntar..que restou 
O mesmo pode ser dito de cada lugar
As bases desse universo habitam os limites esmaecidos entre a São Marcos em Tangará hoje..cidade natal, 
Vila Bressan em Pinheiro Preto 
e  Iomerê..
Videira onde a fotografia..a escrita me tomam.
 
Acho que todo ser que escreve..fotografa,  tenta despertar  em cada um o sagrado que ainda está dentro de nós adormecido.

Rejeição

O  atos inconscientemente feitos no presente e no passado....reforçam os processos de exclusão e de rejeição.
Inconscientes e involuntários, 
mas nem por isso menos eficazes. 
A vida é assim....cada um goste
ou 
não
goste..
a vida tem dúzias de tons de cinza
Anos  se passam..
Um certo dia, 
dar-se conta de como
certo momento, foi impossível fazer algo
e por isso nunca mais se podia fazer algo,
por ter a impotência do momento...
mas sabemos que nos
importavámos muito com isso.
Falo de u m momento
que sentia a tristeza por não poder ser reconhecido,
e por ter que conservar minha revolta,
invisível e em silêncio para meus...
Um dia, no entanto, 
fui capaz de sentir...
mostrar meu inconformismo e cair fora.
Mesmo agora pude reconhecer nestas palavras,
que  vida requer coragem,
pude por muitos momentos,
que é sentir 
que pode ser o sofrimento 
de ser 
um filho,
ultrajado 
e rejeitado.
Ficou a lição:
Se continuarmos a não sentir a violência
que outros que fazem isso..
é como voltarmos no tempo..
nos faziam isso e nos faziam sofrer,
é como continuarmos a ouvir em silêncio,
do outro lado apenas palavras,
que nos matam lentamente.

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Pelos caminhos do sol

Oh caminho que me leva a você,
pelos caminhos do sol
onde reluz a poesia....

o céu dourado aparece..
como ondas de fogo do fim do dia....
encantou-me a aproximação da noite
o crepúsculo refletindo toda magia do lugar..
Dos crepúsculos as aurora a terei...
e se alguém tiver que dizer adeus...
eu não serei....
Amanhã com a partida do sol
irei contigo girar
no mundo que te encontrei....


Olhares banais.

Olhares 
banais, 
cenas 
singelas..
o sol 
deixam,
escondendo-se, 
a felicidade 
observando 
o crepúsculo...
no aeroporto.

domingo, 28 de setembro de 2014

VERMELHA...UMA PINTURA


VERMELHA ROSA...APENAS UMA FOTO BOA..., upload feito originalmente por *...REBEL..*.
A BELA FOTO VEM DE UMA MENTE..
FOTOS EMANAM DA COGNIÇÃO..

E DA IMAGINAÇÃO..
AFINAL TUDO É INTELECTO
Numa mente livre, o resultado será uma bela foto..
Muitos acreditavam que, para fotografar bem..
uma boa camera, é o mais importante..
mas não é..
é estar com o corpo e a mente livre..aberta..
Entre a mente e os dedos, haverá sempre um fluxo...

que deverá ser o mais imaginativo e fácil possível, 
 a postura..a imaginação,
a inspiração precisa..
e cada ser..
em total relaxamento.
Essa ideia de fluidez, criatividade, inspiração e de ausência de obstáculos internos, anda me perseguindo...na fotografia..mas nada que seja obssessivo
Reencontro a mesma Rosa..

já há tantas diferentes.
A fotografia emana do intelecto...com seus atributos...
Se não se fotografa com o intelecto livre, não há criatividade, o resultado será uma foto com falhas.
Quem escreve isso é Rebel,

portanto nenhum mestre da fotografia.
Eu continuo...com algo que entendo e leio por ai.
"A camera..desliza.. corre à esquerda, à direita, na cêrca, *esta foto de uma cêrca perto da flor"... 

em que busco profundidade, um click brusco e resoluto, interrompe-se feito o shot abruptamente, depois muda-se o foco..
obliquamente, ora como a água da chuva, do alto pra baixo, como as gotas..
a gravidade na pétala..
chama o chão, 
 tudo isso com naturalidade e sem dizer que há no mínimo um esforço."
Se os movimentos..imitam uma pintura... água da chuva dá um toque a mais, é porque, de certo modo, raindrops não é algo não "sem esforço" equivale ao ato de criar num mundo...de dificil transito..umidade e chuva, espinhos de uma roseira.
O movimento..o olhar..o foco..mas isso que faz o "princípio ativo" de fazer uma foto.. que faz tudo surgir das flores, florestas, bichos, mares, montanhas...pessoas.
Esses pensamentos, meio técnicos, meio místicos, me movem.

Não deixo de lembrar..Cézanne e Picasso etc..quadros pintados cerca de um ou duas décadas ....apenas uma inspiração.
A foto se insere no mais belo.. da vida..por isso vejo pinturas.
Nem uma coisa e outra..não há comparável a coisa de genio..que podem confundir-me..
Gotas de orvalho..luz e penumbra faz pensar nas artimanhas da fotografia.
Por sua vez,
o vermelho..

"com sua profundeza, seu traço selvagem, tudo é minha miragem, que saltam que se mostram, aproprio-me das qualidades da ROSA.
Poderia..falar em Claude Monet.. o gênio...da luz e penumbra
Sinais, a percepção..

e algum truque técnico, estaria o grande segredo da foto.
Que é também, claro, uma espécie fruto de algo inspirado e místico.
o que dá de um impulso que move as pessoas, algo criador, que dá a foto algo superior.
e a absorção, da visão do todo.
Para isso, precisamos ficar "longe agitação", de tudo aquilo que nos turva o coração... e a mente e "deixar as coisas seguirem..fluirem da mente onde as coisas acontecem".

texto rebel
foto rebel

sábado, 27 de setembro de 2014

Liberdade

Liberdade, 
inocência
e frescor 
da infância
a gente sente 
quando
inexistentes 

no mundo
adulto atual.
Que aparência deve
ter um recuerdo
da minha infância
há mais de 50 anos?
Em preto e branco,
responderia...
como um refém da vida atual cheia de cores..
de tantas modernidades.
Em preto e branco e com uma imagem em baixa definição,
Lembrar do tempo que o mundo era pequeno
pode dar a impressão de algo arcaico,
e de interesse particular aos saudosistas.
No campo..a brisa..a manhã de outono
o filho sentia a liberdade e frescor com carinho da mãe..
é uma bela foto.
A aparência de uma foto deste momento 
há mais de 50 anos..
De algo velho, nada
embora já que este mundo roda em velocidade alta.. .
é com uma imagem que fiz do mundo..
num lugar distante..
da infância.
longe da liberdade apagados do mundo calculado
e ultracontrolado que temos hoje.
Observo que " a foto acima é de lugar que é um espetáculo..
flores,
o dourado do céu..

mâe e filhos, 
em liberdade incomum 
num paraíso da terra".
De fato, me interessa descrever 

mais o comportamento infantil
num universo sem imposições.
Como uma criança descobre o mundo livre da imposição dos adultos, em que a lei e a proibição parecem suspensos?
Como a fantasia orienta as relações
que uma criança elabora com os adultos
que surgem em seu rumo...
É essa dimensão libertária, que desaparece
no universo adulto.
Os que acreditam poder reencontrá-la,
naveguem em algo que emana de cada gesto das fotos,
que o transforma a vida
antes de qualquer pecado.




sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Puro frescor

Deslumbro-me
Do puro frescor
Da manhã....
Não sei se
é porque
o céu é
azul celeste.
words
photo
Rebel

Nada mais.

Suportar tudo sozinho
As sombras escondem a cor do meu olhos
Azul ofuscado pelas lágrimas, 
Entorno  escurecido pelas noites de insônia
Eu digo tudo pelo seus olhos
Que você está fora,
provavelmente 
longe para sempre.
E as estrelas no céu não 
significam nada mais...
Elas são um espelho
Como você partiu
Se você ficasse aqui 
só um pouquinho mais
Se eu ficasse aqui, 
você não ouviria tudo isso.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Toda pessoa traz consigo

Toda pessoa traz consigo
o que a vida concede.
Estrelas de brilhar,
estrelas de crescer,
estrelas de encontrar
o caminho do sonho,
que se persegue.
Saber reconhecer os brilhos
e as estrelas
é o nosso destino.
Porque há quem se encante
com o brilho de estrelas
que não são suas e se perde.
Há quem deseje o brilho de outra
mais distante
e por isso passa quase
todo o tempo como passageiro,
nas estações,
à espera de um trem para
lugar nenhum.
Aceitar as estrelas que trazemos
é o que faz a diferença
entre o que queremos
ser e o que verdadeiramente
somos.
Brilhar é acreditar na força
que elas têm, desvendar
seus mistérios, e aí então
deixar que suas luzes
se derramem
alma adentro e tanto,
que carregar
as estrelas seja como
conduzir um
candeeiro, para que,
onde quer
que se vá, longe, alto,
possam
os outros perceber
a claridade.”


quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Descolar

É impossível
sempre
e comigo ainda mais,
mas hoje 
as pessoas não conseguem 
descolar
sobre que escrevem,
de sua vida e trajetória pessoal,
mas penso que isso é inevitável..
de quem viveu intensamente,
marcado pelas nuances,
quando estudante de Medicina em Pelotas e Porto Alegre.
Talvez por isso  sempre trato a vida lá com tanto  carinho e romantismo.
Pois eh....uma revelação difícil..
MAS importante...
Sobre tudo..
que rolou ou
rola.. na vida...
que de fato pode haver..
há na vida fatos que resultem de...
apenas coincidências e probabilidades matemáticas...mas há outras possibilidades..
realmente isso é fantástico...
acreditar em que alguém está a fim,
por que algo e por isso nos chamou..
tem nisso o sentir 
 e algum tipo de predeterminação...
e de afinidades..
legal isso..
Nossos olhos se encontram no meio da cidade grande..
eh o meio urbano...
eu sei que apenas nossas palavras
estão postas no ar...
e sobre as palavras gosto de colocar
minhas idéias..assim.....
me inspirando por alguém..
adoro escrever...
“Há palavras que nos fazem voar..
ou mais nos tocam tanto
como que nos beijam....
Como se tivessem boca...
quando a noite perde o rosto....
num sentido"..
elas vem a mente coloridas..
outras sem cor..
há palavras, esperadas ou inesperadas...
Letra a letra revelado..
ou o dito pelo não dito...
na época que eu era estudante
não tinha internet..
era do papel escrito....
mas lendo que escrevi....
me lembro de momentos..
as palavras me transportam..
um trecho de uma delas,
" a sua mente...
onde instâncias em que não há outras iguais
e que não há noite nem dia é...
atemporal..
como te falo do inconsciente teu tb"........
mas de fato...a mente..
curtir a pessoas assim é pura magia...
só por palavras está contido
o que sentimos.....
e por maior que seja o número
de palavras, de que dispomos
no vocabulário da língua portuguesa,
ela, a língua, pouco ou nada dá conta, do que sentimos ou do que pensamos, mesmo que por ironia da comunicação...
só seja possível pensar com palavras.
Outro trecho..
"De você agora eu sinto...
uma linda..
pessoa pela sua postura,
imagem,
asseio existencial...
como se diz por ai...
pelos letrados..
tudo que somos é resultado
do que nós pensamos(buda)..
o que demonstramos...
eu senti isso de ti...."
Você é pessoa fala ou age
com bons pensamentos,
ou com pensamento puros,
algo que a segue,
como uma sombra que
nunca a abandona..
percebi escrevendo isto a alguém....
diria mais..
tudo está ficando a cada dia mais visível...
os teus valores internos, as essências, o que aparece,
tenho a certeza de que há coisas por dentro..
lindas em ti...
e é isso que dá longevidade ao nosso afeto, amizade e amor..,
é o conteúdo...
não eh só o belo atrai..
belas qualidade interiores
muito mais é a maior virtude ...
não eh...
Sim faço parte do mortais,
sempre a fim da conquista
da felicidade,
mas como todos ...
tem defeitos e virtudes,
indignidades e belezas,
desacertos e acertos,
sombras e luzes.
Outra
"Você falou que está só 
com a mente em mim..
imagino que sim,
eu estou assim tb"....
falarei um pouco sobre isso 
que vc disse
não ter muito além a dizer..
mas...
estar com a pessoa certa..
prazer, prazer, prazer...
é o prazer com gosto
de uma canção de liberdade....
Mas não é só a liberdade.
É o desabrochar de nossos desejos,
mas a sua fruta.
E algo que excita então nem abismo 
nem cume...
de um para outro...
subindo e ganhando no espaço.
Mas não é o espaço que o envolve.
Sim, na verdade, o prazer é uma canção de liberdade...
que ganha ares,
se estamos a fim....
é.......
pura magia...
no universo real..
na realidade palpável...
é aqui na minha frente...
com calor, cheiro e gosto..
adoro me cobrir com alguém que gosto...
tem aquilo que chamamos de química..
Deixa-me, em brasa,
com meu beijo..
que, pousado sobre teus lábios..
queimará tua alma...
é uma..
suposição..
tb...
Prá vc ser um sonho....
E aí então quem sabe a mim chegasse....
Bem tô buscando te dizer sobre um sonho em forma de desejo....
Pois eh....
E depois que a tarde nos trouxesse a lua.....
Se o amar chegasse eu não resistiria...
E a madrugada acalentaria nossa paz....
diria..
fica oh!.. ....
Pois talvez quem sabe....
O inesperado faça uma surpresa....
E traga alguém que me queira 
e me queira até escutar....
E junto a mim queira ficar....
queira ficar....
queira ficar....
Sabe eu adoro as mulheres sensíveis e inteligentes..
(nunca imaginei muitas só acrescento o plural) . Para mim, amar é como continuação de minhas relações de afeto por alguém...
O sexo,
um prazer mais difuso...é o aconchego..
o toque..
o olhar..
e quando se é assim o buscar o cume...
o ápice
com o amor 
ele deixa de ser 
como um objetivo concreto, como ponto mais alto a ser atingido...
e
deixa de existir...
Gostaria de voar comigo..
Ah.. pode ser que em algum momento..
eu não queira escrever algo.. que seja mais pessoal..
mas não defini um limite..
Quando penso nisso..eu não sei..
as vezes não consigo imaginar algo só ficcional..

terça-feira, 23 de setembro de 2014

RIVER


WATER IN ARVOREDO, upload feito originalmente por *...REBEL..*.
Belo e longiquo, rio Irani em Arvoredo, 
Como  algo  misterioso
O Rio
Um olhar...basta...e sentir esta magestade,
na floresta quase intocada
As cidades precisavam desta beleza,
Beleza é quase tudo,
quando se olha o horizonte no rio,
é um belo lugar do mundo
para viver momentos com entusiasmo
A agua limpa, significa equilíbrio
dinâmico e instigante
Algo é intuitivo, para que serviam
e servem lugares assim
meu tempo  aqui não revela
algo com tendência e modismo
A Beleza é quase tudo, aqui,
Preservar uma atitude bonita, por aqui, 
é 
Eu me criei a beira de um rio,
deste tempo vem esta identidade com os rios,
Devemos viver com maturidade
Cidade limpa, rios limpos
esforço do governo, moradores, turistas,
chegaremos lá um dia,
Precisamos deste sentido no viver em cidades 
significa viver com um lindo futuro
e equilíbrio ambiental
Vivemos um tempo sem consenso,
sobre isso nas atitudes,
Aqui a beleza é  tudo de bom
nenhum pensamento ousado, dizer isto. 

domingo, 21 de setembro de 2014

A verdade das minhas palavras

Crescer 
a cada 
dia que passa...
Algo a iluminar
o meu dia.
Estranha este
meu repentino, desabafo...
Algo a confidenciar...
sempre há...
A saudade provocou....
Ah e há aquele
abraço que falta...
dar...receber..
sempre..
e desejos,...
Sempre
há desejos na vida..
de que foi um dia
de que é agora...
Ninguém pode
ser só 
que gostaria
de ser
se algo nos nos 
consome..
o refletir já basta...
um excelente exercício
para mentes..
as vezes perturbadas...
inquietas..
ou calmas...somos seres
em constante evolução..
Fecho os olhos
lentamente..
na tua doce lembrança...
me acaricia..
sem me tocar
uma delicadeza sem fim..
toque de seda...
de como eram os lençóis...
tão macios,
onde rolamos
tantas vezes.. 
vem este sentimento..
vem e volta....
A verdade
das minhas palavras....
A nobreza
desta sentimento..
Deslumbrado ou sentimental..
eu fico....
Quando estou só..
assim...
por momento
esqueço de tudo...
menos de vc...
não estou
verdadeiramente só....
Veja..
assim viajo..
sou leve...com você 
sem ideias formadas...
Penso em silêncio..
Será que somos
duas partes 
ou lados de um mesmo ser....
de uma alma...
Pois eh só meu pensamento
está longe...ando longe....
minhas palavras
colocam você perto.

Na minha rua..que vai até o rio.... tem




belas..flores e belas paisagens gato

e o dono das fotos não do gato..
ha..a rua não tem saida...tah

sábado, 20 de setembro de 2014

Alguém mirando o mundo

Alguém mirando o mundo,
 que cada um saiba ser,
não ser,
A vida é  as vezes.
sonho vago,
sonho sem fervor,
as vezes nasce assim,
bela e formosa, 
tão inquietante..
Buscamos o ideal a não dor..
Isto é as vezes,
 só quimera, ilusão, fantasia.
Dizendo algo aparentemente óbvio..
Ora, não existe..

definição ou fórmula mágica para nada...
eu escrevo..leio muito..
então não tenho a tal fórmula.
Escrevo sobre muitos assuntos da vida sentimental...
preocupações ..
dúvidas...
Não há solução fácil para nada......

claro que se estivermos bem com nosso maior inimigo(nós mesmos)..estamos bem já no amanhecer do dia.. cedo...
estamos com meio caminho andado..
Fosse fácil assim,
seríamos todos belos,
ricos,
bem-casados,
desenvoltos,
empreendedores,
bambambãs em tudo.
Mas tudo bem, não..

tem nada de grave nisso, acredito...
tem tanta coisa que acontece...
sem deixar a gente...
entender..
e muita coisas que fazemos..
reflete uma busca de cada um..
que é obviamente instigada pelo momento, que te preocupa o que vc está focado...
ou sobre com o que vc acordou no dia..pensando.
O fato é que estamos vivos,
de férias...
ou não..
"no trabalho eu"
e acabei..
puxando um tipo de conversa..
que já faz parte de minha vida...fim de ano.. Natal.. ano novo à vista.
Sou um cara que vive cheio de pensamentos..

penso muito sobre tudo..
e isso fica ai na mente se acumulando...
minha cabeça..
fica cheia de coisas
que eu gosto de dividi-los,
de vê-los escritos...
assim minha alma fica mais leve.
Mas tudo bem: aqui em casa..

mesmo que seja um verão,
pesado calor horrível...
eu escrevendo, o ar fica mais leve...
tudo fica mais leve.. mesmo...
pelo menos para nós, catarinenses!
Claro há outras maneira de ficar leve como estar na beira do mar,

uns dias, ou..viajando pelas cidades....
pegar algo de surpresa,
ficar encantado com algo,
que não passava pela nossos olhos
ou
pela mente..
diria encantado com tudo
de lindo que vemos em lugares....
nunca antes imaginados..
como o mar, as paisagens,
a vegetação,
a calma,
o sol,
as estrelas
e,
principalmente as pessoas.
Ir a um local desconhecido..

conhecer habitantes locais que me fazem pensar mais uma vez no..
sentido da vida. . ..
dizer assim como tenho sorte de estar em um lugar....
ou "meu Deus, estou prestes a ter 5o anos"
e o qual o significado da vida quando eu nem mesmo sei..
bem...
por que eu estou aqui..agora pensando isso? Por que estou aqui e quem é Deus ou por que as pessoas sofrem, coisas que todos nos especialmente eu quero ter respostas.
E também quero..fazer estas perguntas.
"Você as vezes não pensa por si só; você faz as coisas porque vc.. tem certas interrogações nos laços que nos prende as pessoas...
ou faz a partir de como sua família lhe ensinou a se comportar e pensar.
"Lugares no interior..
leva nós ao interior da alma..
Lembrança do campo....

daquele fim de semana inesquecível que tivemos em algum momento de nosso vidas que não foi um simples fim de semana,
ou um simples dia de verão",
que tiramos para para apreciar a beleza do campo.
O campo eh belo..

 nele há uma paz idílica lá que você não encontra em lugar nenhum...
 A natureza,   o encanto
e aroma matinal trazem um ar de reflexão.
Contemplei mais uma vez a natureza.
A chuva fina de mansinho.

Dias quentes aquecem  até a alma.
Tenho  este instante com a paz e a harmonia.
A consciência...ainda há tempo, para amar.


Amar se encontramos com a pessoa amada.. tudo será doce e realmente..orgulhoso de ter..ficamos com pessoas simples e sempre..
feito tudo com paixão toda uma vida..que esta ai..transcorrendo.
"Mas a vida no campo..eh tudo isso..ainda mais no verão...
onde o sol teima em se fazer rei,
todos os dias.
Onde as estrelas teimam em brilhar,  e as nuvens que cismem de encobri-las.
Estou falando devagarinho, quase mole.
As analogias levam a crer que neste fundinho do mundo..

estar aqui já está fazendo efeito. Sobre...tudo..de alguém mirando o mundo,
são reflexões,
tenho pensado muito sobre nossas fraquezas, e a vida quando não temos força
e tb...
as relações com o mundo..
seja ele feminino, masculino..
profissional..
pessoal...
mas claro que com as mulheres há sempre uma atenção especial para nós homens...
são assim..
vira e mexe ficamos pensando em mulheres...
Um ser normal não pode viver...
sem mirar algo belo...
ou viver como..
se não houvesse o amanhã..
como eu assim...
Bela é a vida...ou a vida é bela assim... 
Sorte minha.