Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

domingo, 29 de dezembro de 2013

cárcere alternativo

Sordidez, 
comportamento mórbido... 
a aranha é um exemplo de um ser assim.
Todos nós temos uma certa consciência da sordidez da humanidade.
Vivemos uma anulação de qualquer tipo de singularidade dentro da contemporaneidade...
O homem não eh capaz de ser ele mesmo 
e sim imitar, 
a máxima vale,
adestre-se e faça parte de uma facção ou de um grupo, 
e há tribos com os mesmos cabelos, roupas e linguagem. 
Isso não tem a ver com liberdade de escolha, 
mas com a saída humana, 
"para fazer parte de alguma coisa".
Trocamos a possibilidade de descobrir nossa identidade por comportamentos padronizados esperando um alento. 
Isso é sepultar nossa "liberdade"
Tem aquela história do macaco que uma vez capturado, aprende a fumar, descobre a embriaguez e, por fim, se põe a falar e para poder sair da jaula, aprendeu a ser homem..
tudo transfigurado...
nesta experiencia. 
"Essa criatura descobre que, por meio da imitação, teria uma saída da situação de cativeiro e morte. 
Mas liberdade plena não há",
 "Tudo é muito ambíguo. 
O progresso da condição de macaco para a humana é exaltado, mas também carregado de lamento, 
por ele ter abandonado quem era em prol de uma coisa que não o atraía em absoluto. 
E ai vem algo da consciência da nossa sordidez." 
O macaco percebeu que o disfarce "civilizado" não passa de cárcere alternativo.
Então se alguém precisa de alguma entidade, grupo, para ser alguém, ela não passa de alguém adestrado, sem identidade.

sábado, 28 de dezembro de 2013

Só Freud explica

Juntar bugiganga demais pode 
ser sintoma de TOC ou depressão.
Não existe vida nem história, 
sem objetos, dizem os antropólogos.
Isso explica os museus, 
as coleções de selo
até a pilha de revistas no canto da estante.
"Objetos são muito mais simbólicos 
do que funcionais...
Eles têm valor afetivo",
"Livrar-se de uma roupa velha 
pode significar perder uma parte de você,
mesmo sabendo que aquilo pode ser útil para alguém."
EU OU O LIXO
A princípio, não há nada de errado 
em acumular coisas.
Até que suas coleções sejam tantas 
que passem a incomodar alguém.
A mania de guardar objetos, quando em excesso,
pode ser sintoma de transtorno 
obsessivo-compulsivo ou estar associado a depressão.
é difícil diferenciar o colecionismo 
saudável do transtorno.

ULTIMA NOITE

Pensei na
Última Noite..
últimos momentos,
estávamos um pouco cansados de nós..
Não era  mais como nossos  bons tempos..
As pessoas gostam, 
de algo  excitante quase sempre,
nada de coisas insignificantes., 
e pessoas insignificantes.
Foi a última noite..
um tom de despedida.
Final...
Se criam laços profundos..
E os laços, se  estendiam-se a tudo.
O tempo e a ocasião, levaram  tudo.
Resta ser memorável o momento..
Até se fechar..tudo, até a porta  do carro.
E isso.. que ficou neste dia...nesta noite..
O cume e o abismo....
à mostra...apenas a flor..a rosa, agora..
da lembrança

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

UTOPIA


MUNDO 
ideal 
é impossível...
CERTO...
As águas caem..
meu olhar capta 
mas a minha imaginação, 
não está submetida a lei da gravidade, 
tempo.
No mundo ideal, 
só existe utopias que comportam
 a nossa imaginação...
o mundo real não. 

Esta época do ano, deveria estar de férias, 

viajar, já que viajar é como 
trocar a roupa da alma..
Aqui tudo para. 
Mas prefiro continuar por aqui, 
escrevendo, 
curtindo  e admirando a natureza. 
O país é um caos,
além da violência, 
há abuso dos preços,
tudo inflaciona, 
faz muito calor no Brasil. 
Aqui estradas estão péssimas 
e perigosas. 
Aproveito esses dias para ler mais, caminhar, 
ou ir mais ao cinema. 
Ah televisão odeio 
as retrospectivas dom fim de ano.
Difícil é arrumar assunto legal.

Mas meu mundo ideal, 

o Brasil teria trens rápidos 
e abundantes,

os gastos com saúde 
que seriam como gastos na Copa
seriam tanto.. 
e rápidos.

A área de saúde pública
teríamos só profissionais
de carreira,
 competentes,
bem pagos,
transparentes
e independentes.
Não existiriam relações promíscuas, 
entre público  e o privado.
O povo estaria livre
para fazer festa de fim de ano..
sem estes temores normais aqui. 
 Todos teriam conforto 
e segurança em sua praia,
campo ou casa.
 Os marginais estariam presos
ou impedidos de 
circular. 
A vigilância seria constante e implacável.
No mundo ideal, 
o Brasil seria muito muito melhor.
A violência seria exceção.
No mundo ideal, a imprensa Brasileira, 
não seria chapa branca. 
Quanto maior a distância
entre o mundo real 
e o ideal, maior é a frustração
e o desamparo.
O mundo ideal só existe
na nossa imaginação, 
vem sob olhar da catarata,
dá para se tentar,
sempre tudo poderia
ser melhor.
no Brasil.

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

CARTA DE AMOR IX

Meu anjo...bom...você......
é um anjo querida..
me guias..tanto...
Leio que me escreves..viajo...
dá..me deu vontade..
de estar..lá...ai......
dengosa.. romântica...
como eu...sabes..
de que o beijo é algo tão excitante...
o teu beijo é tua..maneira de me ter.. 
você agora...
domingo de manhã..
eu..quero um beijo sem fim, 
que dure..dure...
que aplaque o meu desejo...
o teu desejo. 
Queria te beijar 
de diversas formas..
Um beijo reto...
o beijo torto, 
o beijo virado. 
o beijo do monte..
(a língua lambe aquele 
monte abaixo do lábios.
no queixo), 
querida...muito bem... 
um beijo agarradinho , 
o beijo no lábio superior, 
o beijo oblíquo..
o beijo nos cabelos que vai até o rosto e que
prossegue para seu lábios acedendo seus.... 
mais doces desejos..
(ficou..arrepiada com essas palavras..te..provocaram)...
beijar e morder as diversas partes do seu corpo são carinhos..atos sagrados...experiência sensual...sei quete falando assim..estou.. 'judiando' de mim...
e de você..essa expressão..
você sabe..!!!!
A querida tudo entre nós nos deixa...
ah você sabe o quanto eu..
você está sensível com tudo....
Como na musica...
"estou com saudades de ti, meu desejo... 
estou com saudades da boca... 
e do mel...
"COMO VOCÊ NA MUSICA "
ando tão à flor da pele que qualquer 
beijo de novela me faz chorar..
ando tão à flor da pele 
que teu olhar flor na janela 
me faz morrer... 
ando tão à flor da pele que meu desejo se confunde com a vontade de não ser... 
ando tão à flor da pele 
que a minha pele tem o fogo 
do juízo final..
Amor que.. 
bateu em mim... 
Você é ...é..meu amor.

Muitos beijos a você querida... 
beijar... até..

PAINEL DE ITAIPU



Usina Hidrelétrica de Itaipu Binacional é uma usina hidrelétrica binacional construída pelo Brasil e pelo Paraguai no rio Paraná

no trecho de fronteira entre os dois países, 14 quilômetros ao norte da Ponte da Amizade
A área do projeto se estende desde Foz do Iguaçu, no Brasil, e Ciudad del Este, no Paraguai, ao sul, até Guaíra (Brasil) e Salto del Guairá (Paraguai), ao norte. A potência instalada da Usina é de 14.000 MW (megawatts), com 20 unidades geradoras de 700 MW.
No ano 2000, a usina atingiu o seu recorde 

de produção de 93,4 bilhões de quilowatts-hora, sendo responsável pela geração de 95% da energia elétrica consumida no Paraguai 
e 24% de toda a demanda do mercado brasileiro.
Até o funcionamento em plena capacidade da Hidrelétrica de Três Gargantas na China, a usina de Itaipu é a maior hidrelétrica do mundo em potência instalada. 

Em capacidade de geração continuará 
sendo a mais importante, visto que o regime hidrológico do rio Paraná apresenta maior fluxo de água que o Rio Yangtzé.

Adeus

 Na luz do amanhecer
o silêncio, 
teu adeus..
depois  de uma calma noite.
Ah agora só eu sei..
precisei  tanto de ti.
Agora que você se vai....
Lembro dos meus sonhos,
eu te via..sempre.
Eu acordava tão só.
Eu sei agora,
partir foi um desejo,
Seu coração não desejava ficar
Mas fica no seu coração..
a força de como sempre te amei.  
Nunca imaginei que me deixaria assim
desse jeito..
Mas se você não pode ficar
Agora que você se vai..
Leva meu coração,
Leva meu ser.
Meus sonhos nunca serão os mesmos.
Mas amanhã
Nos meus sonhos posso te ver,
Posso ainda te contar como me sinto
Poderei te abraçar
Tudo parecer tão real
Ao acordar..
vou sentir a dor..
na luz do amanhecer
Depois do silêncio, 
de uma calma noite
Sabe..queria que você tivesse ficado.

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

SOTÃO


Window 2W, upload feito originalmente por *...REBEL..*.
No penumbra do sótão,
A lua nos excita,
Na cortina entreaberta,
Nos contempla,
Seu rosto mira meus olhos,
Destila seduções,
Brilhos de olhar,
Um corpo que sente,
Um alma que chama,
O mistério do amor,
Nos olhos transparece
Despindo aos poucos,
Todos os receios,
Transcendes,
Amores, de amores,
à amores,
Assim por toda noite,
A lua nos iluminará
Seremos menos breve,
por toda noite
Um amor cheio de luar
Não dormir,
O tempo ...todo da gente.
A madrugada vem,
O desejo desabrocha,
Arrepios..
Os pêlos a Pele,
Canta a lua nos teus delírios
Toques, gemidos de amor,
Teus cabelos longos,
Os sussurros,
O desejo nos rende,
Treme, agita-mos,
inunda-nos
e
faz sonhar,
Na madrugada,
A vida assim é bela e fica diferente.
foto rebel

Vou Apagar a Luz

Vou apagar a luz,
para pensar em ti
E assim deixar voar minha imaginação
Ali onde tudo eu posso aonde não existe impossível
Que importa viver de ilusões se assim sou feliz
Como te abraçarei..
Quanto te beijarei..
Meus mais ardentes desejos em você realizarei
Morderei os seus lábios, me encher de ti
E por isso vou apagar a luz
Para pensar em ti
Contigo aprendi
Que existem novas e melhores emoções
Contigo aprendi
A conhecer um mundo novo de ilusões
Aprendi
Que a semana tem mais de sete dias
A fazer maiores minhas contadas alegrias
E ser feliz eu contigo aprendi
Contigo aprendi
A ver a luz do outro lado da lua
Contigo aprendi
Que sua presença não a troco por nenhuma
Aprendi
Que pode um beijo ser mais doce e mais profundo
Que posso ir amanhã mesmo desse mundo
As coisas boas contigo eu já vivi
E contigo aprendi
Que eu nasci no dia em que te conheci

Sem inspiração morre minha causa

Sem inspiração morre 
minha 
causa,
minha 
esperança
minha alma.
Relembro 
a tua presença,
irresistível 
presença,
a passear nos anos 
aos meus olhos.
Alegres e Tristes.
Se não te veem,
se não percebem
que você existe,
inspirando recordações,
guardados na memória,
uma gota a despertar.
Alimentar.
Esperanças por ti rever.
Reviver, 
e antes de morrer.
Sim matar esta saudade
poder contigo estar,
andar, ficar, amar.
E depois?
Depois tudo é ...
Que nos resta sem mácula.
puras gotas destiladas
da imaginação que guardei
por tantos anos
aqui.
E agora se misturam
em nossa mente
 sem fim.
Eterna, é uma mãe
que um dia fez me
vir ao mundo e assim 
floresceu.
Rebel
********
Verdade.
Viver é assim dizem
ser especialíssimo.
é tem uma obviedade
como aparenta...uma mãe
Prá se perceber isso é
preciso reviver, assimilar
a essência dum segundo,
então relembrei,
teu aniversario hoje 06 setembro 
abaixo meus avôs e sim tb tua mãe.

SOB O SOL DE OUTONO, ON ROAD


ON ROAD, upload feito originalmente por *...REBEL..*.
Estou sob o sol de outono,
não estou como sonhava...
ou com quem buscava...
Olhei ao meu redor como que buscava,

vi o que queria,
flores apenas flores,
pensei no melhor dos mundos...
junto as flores e a natureza.
Pensei..nem tudo

É  Sonho
pensei naquele rosto, que brilhava,
diante dos meus olhos azuis,
*
Há a Fantasia
Meus Dias..
Amores........
o Passado........
Há lembranças.....
Nelas
Reencontro
O Olhar Meigo
Lembro .......
na Tarde
*
profundos olhares 
que me podia fazer feliz,
bem feliz, imaginei
Nada demais, nem de menos,

Um pouco de pausa..ou normalidade criativa,
sentia no caminho,
a viagem uma tranqüilidade transgressora
e quem sabe o que é uma boa tarde
rolando pra lá e pra cá.
Foi assim, viajando com o espírito desarmado,

que pensei, olhando a nuvem branca
que estava passando desavisada.
Sempre há dentro da tarde, uma calma aparente.
Mas a vida é assim, meu velho,

há que se decidir e ir em frente..
"Atrás..na frente..em cima..
embaixo..entre..olhar bem atento..
cantarolei..olhando o céu..pelo teto,
podia imaginar como é
sentir o cheiro dos seus cabelos..
Acredito que, há afinidades,

vontade de comer um belo salmão,
vinho tinto cabernet sauvignon,
ouvir Jack Johnson e Pretenders,
até mesmo uma ou outra coisa do Rei.
A vontade de viajar no fim de semana

apostando que o sol vai sair apesar do frio,
fazer yoga no gramado,
tomar um sol a beira do de rio,
sentir cheiro de madeira queimando na lareira
e achar que a vida, assim, sim, vale a pena,
na medida, no mesmo do tamanho das almas envolvidas.
Vamos nessa?
Foi.
Foi e vi que nada como um dia depois do outro..

assim como quem espera sempre alcança.
Foi e redescobriu que detestava ser como 

gente viciada em estresse,
que ser workaholic é pura inquietação...
nem sempre é sinônimo de criatividade e êxito.
Ou seja, quis, e assim  fiz,

deixar para trás tudo o que se convertera,
nos últimos tempos, numa verdadeira corrida
de obstáculos em direção ao nada.
e assim também o fiz com empenho,

e isso era de fato instigante,
que até dava para ser feliz com alguém.
tudo que começou com um..um pensamento 
um misterioso olhar... e uma flor...
republicado

Ilusiones

Que importa vivir de ilusiones si así soy feliz
Cómo te abrazaré?
Cuánto te besaré?
Mis más ardientes anhelos en ti realizaré
Te morderé los labios, me llenaré de ti
Y por eso voy a apagar la luz
Para pensar en tí
Contigo aprendí
Que existen nuevas y mejores emociones
Contigo aprendí
A conocer un mundo nuevo de ilusiones
Aprendí
Que la semana tiene mas de siete días
A hacer mayores mis contadas alegrías
Y a ser dichoso yo contigo lo aprendí
Contigo aprendí
A ver la luz del otro lado de la luna
Contigo aprendí
Que tu presencia no la cambio por ninguna
Aprendí
Que puede un beso ser mas dulce y mas profundo
Que puedo irme mañana mismo de este mundo
Las cosas buenas ya contigo las viví
Y contigo aprendí
Que yo nací el día que te conocí
letra
e
musica de Luis miguel


 

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Coisas ruins não nos afetam tão profundamente..

In Street
Coisas ruins não nos afetam
tão profundamente quanto nós esperamos..
ou quando..
sabemos lidar com problemas,
superar obstáculos
ou resistir à pressão de situações adversas ..
como perdas, choque, estresse etc.
Sem entrar em colapso psicológico.
Eu observo as coisas..
escrevi no meu post..
que...
"E la nave va".
eh assim comigo tb...
hora de "navegar com cautela".
a mentalidade madura é essencial numa época

que conta muito
a experiência adquirida com os anos,
 
Estudando..ou observando o comportamento humano.
Já tive algo devastador...assalto..perdas...ameaça de vida..mortes etc.. 
E fui em frente.
Um dia, estava com um amigo passando por dificuldades.
Eu disse a ele..
"Se você me perguntasse há um ano
como eu lidaria com tudo isso,
diria que não ia conseguir..
mas nós erramos quando tentamos prever como responderíamos a um estresse extremo"
Isso me fez pensar.
Que não temos precisão de prever nossas reações emocionais a eventos futuros...  
Isso tem  a ver como entender a felicidade..
de cada um...
É então quando prevemos como reagiríamos no futuro, podemos estabelecer objetivos realistas para nós mesmos,  e descobrir como alcançá-los.
Eu observo que as pessoas têm uma  certa incapacidade de prever o que os fará felizes ou infelizes.
Imaginamos sempre o futuro que é melhor..até os 70
se não temos como imaginar assim é difícil encontrar a felicidade.. 
é que coisas ruins não nos afetam tão profundamente quanto nós esperávamos...
E isso vale para coisas boas também.
Nos adaptamos muito rápido a ambos...
uma virtude que nem todos se concientizam...
Um abalo ou infortúnio não vai lhe fazer tão infeliz quanto você pensa...certo...
A má notícia é que  tem coisa..assim..
Como a tb a boa noticia as vezes,
não lhe  fará tão feliz quanto você imagina.
Helllooooooo...
Não estou dizendo que as pessoas,
as vezes são felizes ou infelizes com o que a vida lhes dá...
Ser feliz, importa o que sentimos

e se continuamos tentando chegar..
Às vezes, conseguimos.
Mas não dura muito. 
temos medo de coisas..
que nos levariam a infelicidade..
como a morte de uma pessoa querida,
o fim de um relacionamento,
um desafio sério para nossa saúde.
Se essas coisas acontecem,
a maioria de nós vai retornar as nossas bases emocionais mais rápido do que imaginamos.
Os humanos são incrivelmente *resilientes....que quer dizer...superar obstáculos ou resistir à pressão de situações adversas ..
como perdas,
choque,
estresse etc.
sem entrar em colapso psicológico.  
Entretanto a maioria  das pessoas,
guarda noções irracionais sobre o que é felicidade.. 
Há idéias errôneas e falhas...em todos..
Poucos de nós sabe avaliar com precisão,
como iremos nos sentir amanhã ou na semana que vem.
É por isso que quando você vai ao supermercado de estômago vazio, compra demais,
e se for depois de uma grande refeição,
compra de menos.
Outro fator que dificulta a previsão da nossa felicidade futura, é que a maioria de nós tende a racionalizar as coisas.
Esperamos nos sentir devastados se nossa mães nos deixarem...
Mas  é assim e tem as coisas quem não acontecem,
"um bom emprego..passar num concurso.." 
na nossa vida e  logo..dizemos e falamos a nós mesmos..
puxa..." isso não era para mim",
ou "eu estava mesmo precisando de mais tempo para chegar lá"...uma racionalização do fracasso..
As pessoas têm um talento incrível, para encontrar formas de suavizar o impacto de eventos negativos.
Assim, elas estão enganadas quando imaginam que golpes
como esses, sejam mais ou menos devastadores do que são...é melhor fazer uma ideia real de tudo que acontece... sem racionalizar.
Se não tivéssemos esses mecanismos de defesa, estaríamos deprimidos demais para seguir adiante... 

Pessoas reagem diferentes em diferentes situações..
Nem todos ficam depressivos.
diante de algo atordoante..
impactante..um perda..
Pessoas clinicamente depressivas muitas vezes parecem não ter a capacidade de se recompor...então lá vai uma ajudinha.. fluoxetina... 
Isso sugere que, se o resto de nós, também não tivesse essa capacidade, estaríamos todos  usando antidepressivos também. 
Dos  melhores indicadores de felicidade humana,  os relacionamentos  ocupam primeiro lugar,
e a segunda posição é a quantidade de tempo que as pessoas passam com sua família e amigos.
Sabemos que isso é significantemente mais importante
que dinheiro e um pouco mais importante que saúde.
Isso é o que mostram estudos.. são dados estatísticos.. tem credibilidade..
O interessante é que as pessoas sacrificam seus relacionamentos sociais, para conseguir outras coisas que não os fará feliz...como dinheiro...emprego etc..
Vejo isso na Medicina.. dinheiro é igual a ser  bem sucedido...mas ter  bons amigos.. uma boa família são mais importantes e as pessoas relegam isso.
Outra coisa que sabemos..é que os seres humanos tendem a obter mais prazer de experiências.... do que de coisas materiais.
A experiência de fazer uma foto...editar compartilhar com os amigos, ser reconhecido nem que seja pelo porteiro, é uma baita experiência.
Então, se você tem dinheiro para gastar nas férias
ou em bons filmes e restaurantes,
isso vai lhe trazer mais felicidade, do que um bem durável com um Land Rover ou um carro muito desejado...ou tablet.. e outras coisitas da Apple..
As experiências com outras pessoas que são compartilhadas nos deixam melhores e mais felizes..por isso o velho chavão..
mas isto é a pura verdade. A amizade é o que a vida tem de melhor, sentir isso.. com alguém.. vivemos em nossas vidas cada qual com sua experiência, nossas resistências.. uma pessoa sensível, que dá e te dá atenção, afeto...tudo vindo de coração...legal...
os amigos e não os objetos, nos deixam felizes.. Ah, então  se você pode gastar muito dinheiro com experiências...melhor
As pessoas pensam que um carro vai durar agrega valor a si e que por isso vai lhes trazer felicidade.
Mas não vai...isso não dá certo. 
Ele fica velho e acabado.
Mas as experiências, não.
Você "sempre terá Paris..Roma..New York..Rio de Janeiro"
Mas a experiência ir lá... será mais prazeirosa do que um..gadget novo.
Outro jeito..é que se eu não corro mais atrás de dinheiro e  agora que tenho o suficiente dinheiro, e  sei que será necessária uma enorme quantidade de dinheiro para aumentar só um pouco a minha felicidade...
Eu não perderia uma brincadeira..um objeto..por uma experiencia feliz..com minha filha nem por US$ 1..mil.
E não é porque  não sou rico.
É porque sei que grana não vai me trazer mais felicidade
do que curtir minhas experiências com os filhos..etc...melhor será. Então muito..."dinheiro não traz felicidade" É isso que eu diria..
Não diria isso...
que nada de dinheiro..
apenas um pouco..
Os mais pobres um consolo,
um pouco de dinheiro pode comprar muitas alegrias.
Se você é rico, tem um monte de dinheiro pode comprar só um pouco mais de felicidade.
Mas em ambos os casos, o dinheiro faz isso.
Estou..assim..e você vai me perguntar se eu sou uma pessoa feliz...
Sou. 
Coisas boas estão acontecendo comigo
e acredito que vão continuar assim.
Não sou otimista com relação ao resto da espécie,
mas sou abençoado de certo modo..
Desculpe desapontar muita gente
mas ainda tenho uma disposição incrível....