Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

terça-feira, 31 de agosto de 2010

TWILIGTH


TWILIGTH, upload feito originalmente por ...REBEL...
Oh luz que me inspiras..
longe..me lembra o partir..
o crepusculo é um partir...
logo o sol..some..vai...
(...)Partir!
Não..é
eu sei que voltará, amanhã
mas será outro dia....
Talvez nem tão reluzente como hoje..
Nunca deixas de voltar
porque sempre voltas...
No lugar a que te vi..
Voltas mas é sempre outro..
dia sim
Há que se voltar
é outra noite depos.
Já não sei onde estás
ah cada dia nã é..
o mesmo a gente,
nem a mesma luz,
nem a mesma ideia
de escrever...

domingo, 29 de agosto de 2010

Algo que nos desafia


SUN in palmas, upload feito originalmente por ...REBEL...
VENDO..O SOL..INSPIRA..
Vendo o símbolo taoísta do yin e do yang..TB...me pergunto....
ATÉ QUE PONTO podemos conhecer o mundo..materia?
Alguns acreditam que podemos ir até o fim, encontrando respostas para as perguntas mais profundas sobre as operações da natureza.
Outros acreditam que o conhecimento que podemos adquirir sobre o mundo tem limites.
Esses limites não são apenas uma consequência dos nossos cérebros ou das ferramentas que usamos para estudar a realidade física. Fazem parte da própria natureza.
Dentro da história da ciência, talvez a melhor expressão dessa dicotomia seja encontrada nos famosos debates entre Albert Einstein e Niels Bohr, que se deram até a morte de Einstein em 1955.
Esses dois gigantes da física do século 20, que tinham grande respeito intelectual um pelo outro, trocaram opiniões em diversas ocasiões, tentando interpretar as misteriosas propriedades da ciência que ambos ajudaram a desenvolver: a estranha mecânica quântica, a física das moléculas, dos átomos e das partículas subatômicas.
Em 1905, Einstein publicou o artigo que considerava o mais revolucionário de sua obra. Nele, propôs que, diferentemente da visão prevalente na época, na qual a luz era vista como uma onda, ela também podia ser imaginada como feita de corpúsculos, mais tarde chamados de fótons. A questão era como algo podia ser onda e partícula ao mesmo tempo. A situação piorou em 1924, quando Louis de Broglie sugeriu que não só fótons, mas prótons e toda a matéria, também eram ondas.
A nova mecânica quântica impôs duas restrições fundamentais ao conhecimento: só podemos saber a probabilidade de encontrar uma partícula em algum lugar do espaço; o observador interage com o observado. Consequentemente, o determinismo da física clássica, a do nosso cotidiano, é apenas uma aproximação de uma realidade na qual o conhecimento completo parece ser uma impossibilidade.
Einstein não podia aceitar isso.
Em carta a Max Born, que havia proposto a interpretação probabilística, escreveu: "A mecânica quântica demanda nossa atenção... A teoria funciona bem, mas não nos aproxima dos segredos do Velho. De qualquer forma, estou convencido que Ele não joga dados".
Para Einstein, uma descrição probabilística da natureza não podia ser a palavra final. A natureza era ordenada. Acreditava que, em nível mais profundo, tudo voltaria ao determinismo que conhecemos. Para Bohr, o sucesso da mecânica quântica falava por si mesmo. Via a relação entre observador e observado como uma expressão da nossa conexão com o mundo. Tanto que, quando recebeu a Ordem do Elefante da coroa dinamarquesa em 1947, escolheu o símbolo taoísta do yin e do yang como brasão.

As coisas permanecem em aberto. Experimentos que tentaram encontrar algum vestígio de uma estrutura mais profunda do que a probabilidade quântica falharam. Por outro lado, a mecânica quântica exibe propriedades bizarras: um sistema pode afetar o comportamento de outro a distâncias enormes. Einstein chamava isso de "ação fantasmagórica à distância". Existem efeitos não locais (sem a causa e o efeito que conhecemos tão bem) que parecem desafiar o espaço e o tempo. Einstein e Bohr adorariam saber que o debate continua
eu sei..
Obrigado Marcelo G da Folha de hoje, pela exelente contribuição a este blog

Silêncio


SUN in palmas, upload feito originalmente por ...REBEL...
De vez em quando e lentamente, em minha mente...algo me inspira...como uma onda em busco de prazer algo que se encaixa....como algo semelhante a um prazer qualquer..
Mas pensei no prazer maior uma simulação de uma penetração infinita.
Essa situação de expansão e retração..imaginei algo que se repete em muitas vezes..veio a mente isso, no silencio da madrugada..

Ondas de claridade..mental..tentando decifrar como seria almas expostas, compondo ciclos intermináveis, como uma máquina de prazer só.. "Love" (amor), ou como um conjunto de atitudes, como se penas que se abrem e fecham como a cauda de um pavão...
Algo terno.,..acolhedor..prazeiroso e interminável...
Para alguém como eu.. funciona como inspiração como se houvesse algo possivel assim...ou como houvesse uma expansão de seu próprio corpo, num momento em que esta possibilitado de se mover...de repetir algo desejado de forma infinita...
Observando  tal contexto, claro não há prazer que sempre dure..e são apenas verdades..um tiro certeira em algo que buscamos e nunca encotraremos na vida...talvez depois teremos desejos
e prazeres assim.. se repetindo..algo infinito,..seria o paraiso assim... 
Como humanos somos condenados a finitude de tudo...tudo acaba... como tudo que há.. que são...que nos corteja..e que experimentamos..
A disposição do homem de hoje é ESTA busca excessiva de prazer, há essas pequenas máquinas..ou apetrechos etc, que tem esta intenção.. mas mostram se de pouco proveito neste objetivo.
Mas, o que seria se o homem tivesse acesso a uma maquina de prazer infinito...boa pergunta..
Mesmo assim, "Rebel em Silêncio"..adentra a esta reflexão..como é oportunidade rara de entrar no universo de idéias de forma sibtrair algo assim e colocar assim..
Meu prazer..é como este crepúsculo..foi em poucos minutos..bom domingo.
 e volto a Mergulhando profundo....devagar...Bem devagar.......dentro de algo..que tem estes sabor e tem uma fonte..que é do prazer um pouco daquilo que a gente sente...por momentos.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Pensando...


WEBDROPS, upload feito originalmente por ...REBEL...
Hoje acordei pensando em você..
A cor azul é emblematica..
Será que tua pensa em mim ..
Dos nossos bons momentos.
feliz?
Que Sentes
Se dá conta.
Ou nem liga
E eu...
Eu não sei que vc se importa.
Você me quer.
viver !!!
Quero..te
por inteira..
Aqui a fazer poema sensual.
Lembrar possa sentir PRAZER IGUAL.
Me inspirar
Escrever..versos,
te chmar
Há  a certeza que te "encontrei"
um motivo de inspiração".
Fico assim vulnerável
Tdo que há numa paixão intensa,
Jamais se livramos quando estamos assim
eu queria
uma doce harmonia,
te sentir
 mais uma vez
no meu encalço
sentir a pura magia.
tudo sem malicia
na espera das tuas caricias.
É o apogeu..
depois se vc me abandonar.
resta de onde você se encontra,
dentro  de minha mente.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

SWEET HOUSE


SWEET HOUSE, upload feito originalmente por ...REBEL...
O fotógrafo da foto tem uma resposta pronta para quando lhe perguntam se ele mora aqui mesmo..
Nada: "muito bem com os olhos da imaginação, do desejo, da liberdade".
Ele diz que a fotografia é o meio que achou de exteriorizar seu mundo imaginário e invisível.
Bom há imagens surgem primeiro como ideias, e as fotografias são feitas até com ajuda de outras pessoas, que convivo no mundo externo.
"É um ato mental, fotografar e tudo antecipado na minha cabeça."
" fotografar e fotos tem uma Estética visível e (in)visível"..
Fografar acim de tudo é um ato..de inspiração sempre algo que andou na tua mente
Pode imaginar..dentro da cabeça de cada um..e ai vai ao olhar..sente-se a beleza assim,
um mistério,
Tenhos meus olhos, a natureza fornece a beleza,
Nada como um olhar...para captar tudo isso e juntar tudo
dentro de uma maquina

terça-feira, 24 de agosto de 2010

CORES


ORQUID COLOUR, upload feito originalmente por ...REBEL...
A vida de ter...Alegria e Felicidade
A vida fica melhor  quando tem estes sabores e cores...
Mas há  em tudo isso as coisas lindas, algo imprencível, o querer.. 
Essas virtudes quando ronda NOSSA VIDA e deve ficar sempre na mente
Pode ser algo que intriga..imaginar a vida sem estes temperos..
Um o lindo céu azul..
Um multicolorido de uma flor..
Um observador atento mergulhando profundo....devagar...devagar.......
na belezas naturais
Ah o que o olhar pode no levar a conter..
Armazenamos estas imagens
Isso é apenas um pouco  daquilo que a gente sente.
na natureza..
Os olhos que captam estas belezas... de  seu dia  a dia...
dentro da natureza...do dia..do entardecer de uma flor... ...
O segredo  de  bem viver foi finalmente revelado.
Tudo se deve ao efeito..de neuro transmissores em nosso cérebro..entre eles  a serotonina..
No deixa leves.. e até com os lábios parecendo aos de Mona Lisa, fazendo com que seu sorriso seja perceptível e não pareça desaparecer com as turbulências do dia a dia... ao ser encarado de frente.
Por conta da demora para se vc sabe que é assim..o efeito pode ser alcançados se vc programar sua mente..
Esta ai a formula para o efeito ser alcançado.
"A vida..deve ter cores e sabores e não há por que algo assim não ser relevado.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

ROSE VIOLET


ROSE VIOLET, upload feito originalmente por ...REBEL...
Basta pensar em sentir
Para sentir em pensar.
Meu coração faz sorrir.
Meu coração a chorar.
Depois de parar de andar
Depois de ficar e ir
Hei de ser quem vai chegar
Para ser quem quer partir.
Viver é não conseguir
fernando pessoa.

FLOR


FLOR PINKY, upload feito originalmente por ...REBEL...
Mas há uma flor linda..ou, muito mais que lindas, essas ficam sempre na mente..
Tem muitas coiss que habiatma nossa mente profundamente....
O meu olhar...reflete isso em tudo que vejo até dentro da flor... ...
Como é por dentro outra pessoa
Quem é que o saberá sonhar?
A alma de outrem é outro universo
Com que não há comunicação possível,
Com que não há verdadeiro entendimento.
Nada sabemos da alma.]
Senão da nossa;
As dos outros são olhares,
São gestos, são palavras,
Com a suposição de qualquer semelhança
No fundo.
Fernando Pessoa, 1934.

LAKE AND HOUSE YELOW


LAKE AND HOUSE YELOW, upload feito originalmente por ...REBEL...
Que só viu algo assim, no seu bairro, algo cafona como toda casa a beira da estrada.
Digamos para começar que, estatisticamente, está certo.
A Foto é de uma boate, numa paisagem campestre, num fim de tarde e executa por mim a foto sua arte, ou o que tu julga sê-la...ou não.
Pois a história desta foto..ontem a tarde, e agora estou aqui.o mundo gira, justamente, em torno da fotografia. Não é uma profissão, um hobby, tida como em alta..e logo vou ouvir contar pelos meus pacientes, dos que não acabaram de morrer.
O hobby é algo que assumo contra preconceitos com a delicadeza do ser humano, (quando quero ser delicado em relação a ele).
E o resultado, se não é sensacional, está longe do cafona.

sábado, 21 de agosto de 2010

MENTE


BLUE AND PINKY WEBDROPS, upload feito originalmente por ...REBEL...
SEMPRE ACREDITEI QUE ALGO É INTRIGANTE na relação entre o cérebro e a mente a partir dos psicanalistas Freud e Jung e saber algo sobre psicologia e sobre neurociência.
É esse um tema..que me ocupa..
Não sou um obcecado pelo funcionamento da mente humana.
Outro assunto é sobre um assunto também palpitante, os humanos e sua fragilidade.
Há um caminho entre a psicanalise, e de ideias e que há na divulgação científica e tudo que deixa dúvidas sobre os dois campos.
Mas meu interesse é explorar as sempre ambiguidades do assunto.
Já fiz isso em

http://acreb.blogspot.com/2009/03/mental.html
Sempre há fonte diferentes sobre este assuntos.
Há tb o debate intelectual de obras de fundo psicológico como de Machado de Assis e Demócrito, Fernando Pessoa e Descartes são lembrados com a mesma naturalidade, como se a fama e o prestígio de cada um bastassem para conferir legitimidade às máximas que enfileiram sobre a "alma humana".
Mas o é um assunto que soa como canto da sereia dos temas nobres de hoje

Mas..isto sempre na mente..dentro do sábado.
Digo um pouco daquilo que a gente crê e sente.

Originalidade e plágio

Usar, no interior de uma obra, um texto que seja universalmente conhecido, de outro autor, não é plágio RECENTEMENTE, Helene Hegemann, uma jovem alemã de apenas 17 anos, fez grande sucesso de crítica com seu primeiro romance, intitulado "Axolotl Roadkill". O problema é que logo se descobriu que longos trechos desse romance haviam sido copiados da obra de um autor menos conhecido. Pois bem, longe de pedir desculpas pelo plágio, a moça afirmou que "não existe originalidade; o que existe é autenticidade". Ao que um crítico comentou, com razão: "De fato, trata-se de um autêntico roubo". É evidente que o fato de não haver originalidade absoluta não significa que não haja originalidade relativa ou que esta não possa em princípio ser conferida. Do contrário, o que justificaria chamar a própria Helene Hegemann de AUTORA de "Axolotl Raodkill"?
Contudo, a falsa tese de que simplesmente não existe originalidade tornou-se trivial nesses tempos de internet e de "cópia e cola", e é frequentemente invocada, nos Estados Unidos (será diferente no Brasil?) por alunos universitários acusados de plágio. Segundo a antropóloga Susan D. Blum, professora da Universidade de Notre Dame, em Indiana, "nossa noção de autoria e originalidade nasceu, floresceu, e pode estar murchando".
Ora, essas ideias da professora Blum parecem-me remontar ao (eu quase disse: "parecem-me ORIGINAR-SE no") ensaio "A Morte do Autor", escrito por Roland Barthes no ano de 1968. "A escritura", lê-se ali, "é a destruição de toda voz, de toda origem".
Tudo o que o escritor pode fazer é "imitar um gesto que é sempre anterior, jamais original. Seu único poder é o de misturar escrituras, opor umas às outras, de modo a jamais repousar em nenhuma". Suponho que isso seja o que o próprio Barthes fez em seus livros. Seria então aceitável que outro escritor pretendesse ser o autor desses livros?
O sentido mais legítimo da retórica da "morte do autor" é o de programaticamente afirmar a autonomia do objeto dos estudos literários -a autonomia do texto- contra a sua redução à psicologia, à história, à filosofia etc. Hegemann se sente capaz de empregar a mesma retórica para justificar o plágio porque, independentemente das intenções de Barthes, ela, como tantos outros, apropriou-se de tal figura para os seus próprios fins. Afinal, ele mesmo declarava que "o nascimento do leitor deve pagar-se com a morte do autor".
De todo modo, ao contrário do que Barthes pretende, não é verdade que o autor seja "uma figura moderna, um produto de nossa sociedade na medida em que, ao emergir da Idade Média com o empirismo inglês, o racionalismo francês e a fé pessoal da Reforma, ela descobriu o prestígio do indivíduo ou, como se diz de modo mais elevado, da "pessoa humana'".
A figura do autor é indissociável do próprio emprego da escritura e já se encontra inteiramente definida na Antiguidade clássica. Só as culturas orais primárias não a conheciam. Assim, é possível, por exemplo, que "Homero" fosse, na cultura oral primária, um nome genérico para determinado tipo de bardo, porém seria absurdo dizer algo semelhante de poetas líricos como Píndaro, Safo, Teógnis etc.
Normalmente, copiar uma obra ou um trecho de uma obra ipsis litteris, sem nada lhe modificar ou adicionar, e pretender ser o seu autor é inadmissível em qualquer sociedade letrada, pois não passa de impostura.
Contudo, usar, no interior de uma obra, um texto que, tendo sido escrito por outro autor, seja universalmente conhecido, não constitui plágio, mesmo que a fonte não seja citada. Assim podiam na Antiguidade clássica ser usados, por exemplo, os poemas atribuídos a Homero. Assim também podem ser usados os versos "No meio do caminho da nossa vida" e "E agora, José", no Brasil contemporâneo.
Se acusado de plágio, um poeta que use versos tão famosos pode dar ao acusador a mesma resposta que Brahms deu aos críticos que observaram uma grande semelhança entre um trecho de sua primeira sinfonia e um trecho da última sinfonia de Beethoven: "Qualquer imbecil percebe isso".
Já copiar uma obra pouco conhecida, como Helene Hegemann fez, é inaceitável, pois lesa o seu autor. A bem da verdade, o crítico francês Roger Caillois admite uma possibilidade legítima de fazê-lo. Para ele, sempre se justifica a apropriação de uma obra medíocre, caso o resultado seja uma obra-prima: mas as obras primas são muito raras.
TEXTO DO POETA E ESCRITOR ANTONIO CICERO NA FOLHA EM 21.08.2010.

5 SPORT CLUBE INTERNACIONAL DE PORTO ALEGRE - CAMPEÃO DA LIBERTADORESDA AMERICA


5 SPORT CLUBE INTERNACIONAL DE PORTO ALEGRE - CAMPEÃO DA LIBERTADORES DA AMERICA, upload feito originalmente por ...REBEL...
Havia um tempo..intrigante, 
surpreendente e engraçado, que eu vivi em 
Porto Alegre, e minha maior felicidade era olhar pela Janela 
depois das Vitórias do Internacional..
Os poucos anos que vivi lá atribuo 
os adjetivos..intrigante, surpreendente e engraçado.
Eu conto esta história..que faz parte da minha história e do SPORT CLUBE INTERNACIONAL DE PORTO ALEGRE , o famoso Clube da Beira Rio.
O Futebol não esta entre minhas obsessões, nem sou por sexo..mas sou pela incompreensão de o homem achar seu caminho na vida
Há esta incompetência do ser humano para encontrar a felicidade que estão lá, como estavam em Porto Alegre, "Tive a iniciação a praticas Elementares", como Futebol, teatro, literatura, futebol em estádio embora já tivesse ido ao Maracanã ver Pelé e Tostão em 1972, num Santos e Vasco ver jogadores que o Brasil projetou mundialmente. Esses temas, essas lembranças, vem de lá também estavam em "minha mente" nos anos 70 e 80. 
O retrato é pouco para dizer o mínimo, que estou ligado ao passado assim, mas se assemelha muito à realidade.
Bem longe do menino já foi desprezado muitas vezes, o que contribuiu para sua relação de amor e ódio com seus pais e irmãos.

rebel, paulo, jorge > left to right


rebel, paulo, jorge .> left to right, upload feito originalmente por ...REBEL...
Esta é minha terceira foto na vida, foi em 1968, com 12 anos
Nada mal para alguém que tinha
apenas uma vida simples
e
uma simples devoção a fotografia
São pedacinhos dentro da vida...

O blogueiro e suas fotos

E a união entre fotógrafo e blogueiro..
nem que seja atividades como hobby, 
se revela ainda pela seleção de textos
que acompanha as fotos, especialmente as do autor.
Por meio deles percebe-se melhor
como a reflexão sobre o fotográfico..
como a foto vermelha,
colhida do cotidiano, de alguém
que trabalha na area de Medicina do trabalho e Segurança,
como Eu.
A mim é interessante dissertar,
 as idéias que ocorrem tanto na construção das imagens,
 como na construção das ideias.
sempre há a preocupação com o belo,
junto a fotografia, e angulos diferentes do dia dia

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

CAMINHOS


Road, upload feito originalmente por ...REBEL...
Não sei se é melhor..IR OU FICAR..
agora para a mim

Uma duvida...ou varias delas...
queria ser nesta hora..

um bom vidente..
ou ter um bom conselheiro.
A vida não tem regras.
A experiência ajuda

mas
uma esperiencia não serve para outra.
Não é só eu que está com dúvidas.
Muitas coisas importantes em nossas vidas..

nos colocam em dúvidas en determinados momento..
são decididas também na dúvida.

Tudo é incerto.
Tudo é certo...
Há várias razões para não ir e para ir.
Algumas delas sabemos..

outras é um misterio.
Essas coisas que ficam sempre na mente..
Pode imaginar o lindo céu azul..como na foto..
Ah o que outro pode ver ou imaginar um céu cinzento..
Quem na vida não tem estas duvidas..
Coisas que na vida é um mistério.
Além da mistura de algo que nos atormenta,
a algo insustentável, infiel..incurável.
O tedio por que está ai...

terça-feira, 17 de agosto de 2010

ROSE OF HEART I


ROSE OF HEART I, upload feito originalmente por ...REBEL...
O ressentimento torna a expressão sombria.
A angústia fecha o semblante.
A tristeza turva o olhar.
O medo infantiliza, encolhe a postura.
O ódio deixa os traços duros,
tudo enfeia a pessoa.

Tenho observado isso por meus olhos,
esta beleza que se vai...por motivos acima.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

blue sky and clouds


blue sky and clouds, upload feito originalmente por ...REBEL...
“A idéia de Platão sobre o amor não é a mesma que temos hoje. Podemos dizer, inclusive, que não é verdadeiramente uma filosofia sobre o amor, mas uma forma sublimada - e sublime - de erotismo.”
“Esse amor, como nós o conhecemos, não era conhecido na Grécia Antiga nem como idéia nem como mito. Ainda que a atração erótica por uma única pessoa seja universal e apareça em todas as sociedades, a idéia ou filosofia do amor é histórica e surge somente onde certas circunstâncias sociais, morais e culturais estão presentes. Platão, sem dúvida, ficaria chocado com o que chamamos de amor. Algumas de suas manifestações, como a idealização do adultério, suicídio e morte teriam causado nojo; outras, como a devoção à mulher o teriam espantado. E amores sublimes como.....seriam tidos como uma doença da alma.”

"cantar, rezar e celebrar".


THE SUNSET, upload feito originalmente por ...REBEL...
não é o filme...
viajar para comer,
viajar para rezar
e
viajar para amar...
todos desejam..
poucos conseguem...

A BELEZA


TREE IN SUN, upload feito originalmente por ...REBEL...
À primeira vista, a foto parece umagrande arte da beleza requer sempre um sacrifício..levantar cedo.. ser apaixonado
Garanto que sempre tive uma ótima relação com isso..
Um bela imagem...é tudo
Entre uma vigem e outra..sobre minha mais nova paixão, fotografar plantações e animais..fotos fora de centros urbanos.
"Meu sonho é viver uma fazenda.
"Minha ligação afetiva é com isso desde a infancia...onde acho que se  vive cheio de saúde".
"Eu me olho no espelho todos os dias"..imagino algo
A imagem que me vem à cabeça quando penso....em fotos..
um lago azul...
"Pelo bem do planeta, é que eu gosto de ser levado a sério...em algumas fotos
me orgulho disso....estou fazendo o meu caminho."

IO SENZA TE


IO SENZA TE, upload feito originalmente por ...REBEL...
A gente escreve tanto...muitas palavras...
nela se conta tudo aquilo que vives.
As palavras QUE FALAMOS OU OUVIMNOS
podem ter muitos sentidos.
Se algumas vezes, leves como plumas,
nos restituem a calma..outras vezes, tem a dureza do aço
ferindo profundamente a alma...mas eu estive só na primeira..algo que soou leve e sincero..
depois veio algo como um furacão....demoliu...
Eh pq somos responsáveis por tudo que dizemos...então pensar antes de dizer bobagens coisas que não se vê muito por ai..
Se gente diz com serenidade e carinho e que sai sai de nossa boca
pode trazer à felicidade, por momentos....harmonia
Nunca é demais ponderar...oque dizemos..então
só permitir que elas saiam com muito carinho..porque como reflexo do sol no espelho, podem se converter em algo DESAGRADÁVEL..
Bem eh só uma pequena reflexão de nós mesmos...um parada no cotidiano..e uma palavra final...bom ventos QUE TE tragam felicidade...
pois se depender de mim a terá,MAS LONGE..
tem coisas que não se se repara...mais..ditas...soa como sentença final

qdo vc tem algo de alguém....que costumava...ser doce...doçura de um ser de alguém - é bom...
Foi duro..."um pouco  de pensar sobre a cabeça alheia - mas sem dispensar a própria".
que continua protegida com boné vermelho 

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

UM SER UNICO...SEM ARROGANCIA

Testemunha diretamente
os MISTÉRIOS 
da natureza..
e longe da
arrogância civilizada,
tudo isso podem gerar,
dá uma inspiração até artística
exemplar em um lugar como
os campos..que o passeio
no fim de semana..
A passagem por ai..
nos conduz..
nos mostra..nos abala
diante de verdades únicas,
claras, objetivas,
aparentemente longe do 
alcance dos homens de hoje,
ou
humanos que habitam cidades
e se destroem..
tudo junto com natureza..
Refletir isso é um escolha moral..
sob o peso de um mundo injusto, 
contingente e fragmentário...de hoje 
ME SINTO..
UM SER UNICO...
SEM ARROGANCIA..
DO MUNDO URBANO

terça-feira, 10 de agosto de 2010

CUP YELOW


CUP YELOW, upload feito originalmente por ...REBEL...
Uma foto ..... bem composta
Eu gostei muito, teve uma foto..em um local lindo
Ter um olhar...interessante nesta foto!
Em cada flor é uma luz para nós uma visão!
Nã tinha visto muitos copos de leite amarelos.
Mas as flores nos reservam coisas lindas, muito mais..
A foto ficou linda,
essas fotos ficam sempre na mente
o lindo amarelo da flor..
Mergulhando no barros para fazer a  foto..
devagar...bem devagar.......
dentro da flor..
Ah o detalhe..
agora tudo que olhar contém.
belas cores.
a beleza da flor..
o filamento pequenino
dentro da flor... ...

TRUE


THAT'S TRUE: THE LAKE BLUE, upload feito originalmente por ...REBEL...
VERDADES...
Existe..um Deus?
O maior amor é de Minha mãe..?
Honesto..
sou..
e  serei feliz..
Aposto que não são certezas para todos...
No lo creo.
Finalmente a gente percebe que nem tudo tem esta certeza..
e o futuro?
A busca de mais prazer, carinho e compreensão..principamente ligado à mulher..
Sera sempre a vez das mulheres..na minha vida..
Ou será diferente para para explicar o que homens gostam delas na cama e na vida?
Bom...
Ou será que, para além do sonho de fazer amor com um fundo..um lago azul..
Pois é imaginar algo assim ou em ação,
Bah..os homens estão mesmo  perdidos
Bom não ter a preocupação de ter experimentado ou "acesso"  a tudo..
Nada da vida somos todos obrigados a "saber ou fazer tudo"
Nosso tempo é agora e
E por isso, eu sempre saberei..eu para saber tudo é impossível..
principalmente em se tratando de amor e de mulher,
afinal, quer fazer amor num lago azul de fundo?
bem uma bela imagem tá ai..
só copiar...
tá o lago..
e o que falta..
ahhhhhhhh

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Colour


colour 3, upload feito originalmente por ...REBEL...
A foto..
São pedacinhos de uma flor... ...

Rebel


CLOSES, upload feito originalmente por ...REBEL...
Hoje é dia de repensar tudo...
a primavera vem logo ai..
as vezes tudo parece...que ultrapassado
Bom enquanto eu faço meus 15 minutos de ioga,
Bem como não tô muito iluminado..
uma nova tentativa de clareamento da idéia..da mente..
Algum tempo de  meditação..
Leio mais algo rápido sobre novos avançios da  neurociência..
Belas descobertas..para que você se senta..bem e a serotonina alta..
Sempre devemos...
estimular novas conexões no cerebro..
Cérebros com novas sinapses..
valorizam o que está acima do 
"meu pescoço".
Ah...
Nosso afetos...como andam..
Bem..ou mal..
A uma mulher feliz..
sem querer saber quem
Senti uma mulher feliz,
fomos passear eu meu filho e minha filha.. como algo que se
deve fazer no dias dos pais
Conversa  de amigos..
Senti meus filhos felizes..
Minha filha e
 a namorada do meu filho..
4 pessoas felizes..
afinal, porque é dia dois Pais..a
Mas sobre minha meditação..
afinal trata-se de algo matutino..
A vida nem tudo tem, essas soluções fáceis
Existem métodos..
de resolver nosso existencia..
Inovador e sempre apostar nos nossos afetos.
Eles nos sustentam..
sempre..
vou caminhar por ai esta semana e sempre
Boa semana..

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Colour flower


Colour flower, upload feito originalmente por ...REBEL...
Um certo lugar...
Ela toda pede um olhar...
Meu olhar tá ai...
Rosa bela... mais que linda,

essa fica sempre na mente
Que cores
A natureza é mistério,
a beleza da flor assim, um mistério,

terça-feira, 3 de agosto de 2010

O porquê

Sobre os olhos em cima,
no ar
E no fundo do horizonte
O eco de uma coisa distante do outro lado da montanha
E tudo é vermelho e ...
E ninguém nos mostrar
para a terra.
E ninguém sabe o
por que ou porquês
Mas algo
E os meus olhos começam a
subir em direção à luz
Procurando na estrada
Por acaso em olhares
que se encontram
E ninguém obriga os nossos olhos
Veja um crepúsculo
E ninguém voa ao redor do sol
Vermelho no  céu cada dia que
você cair sobre os olhos despertos
e incitando-me a subir
vem nas asas da luz solar
Uma luz de milhões
de noite
E ninguém me faz fechar
os olhos
E eu vejo o céu chamado
o crepúsculo

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

RED ROSE


RED ROSE, upload feito originalmente por ...REBEL...
Rosa vermelha linda,
muito mais que lindas,
essas ficam sempre na mente
Pode imaginar o lindo vermelho da flor
Mergulhando os olhos  profundo....
devagar...
Bem devagar.......
dentro da flor
Ah o que o olhar contém.
Quem na vida tem estas cores
A beleza da rosa assim,
linda um mistério,
Tenhos meus olhos para esta beleza,
olhar...a flor... 
Os afetos
que a gente sente,
a beleza
impregnando sua presença..