Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Fotos

Belas fotos, sempre há um prazer mostrar





Mente

Eu que gosto de fotografia e de rosas...parece que fui el algum lugar na alemanha ou suiça, mas foi aqui num lugar descendência austriaca
Se pode falar em lugares aprazíveis..intelectual e da mente
Os momento foram de estimulos visualmente..nesta época as rosas são mais belas algo que vc contempla..se nutre disso há uma excitação mental e algo sensivel, próprio, depois vc transforma esta experiência em palavras ou com palavras.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

coisas

"As coisas tangiveis tornam-se insensiveis a palma da mao. Mas as coisas lindas, muito mais que lindas, essas ficarao." ( Carlos Drummond de Andrade ).

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Vida na cidade


Há na cidade uma realidade e temos em mente mitos dos passado, mas é presente, então dele que vamos falar algo.
O sábado estava nublado e o trânsito lento meio que parado.
Mas nada disso chamou a atenção de mim em uma caminhada por Joaçaba. "Vi gente a cata de compras na rua, com filhos. de mãos dadas e até se beijando na rua. Fazia muito tempo que eu não via isso", gente com a expressão sorridente.
"Há vitalidade nas ruas, há gente de diferentes cores aqui."
Meu olhar não tem nada de generoso e a fala gentil.Nada nele remete à atmosfera por vezes sombria e melancólica de vemos as cidades.
Mesmo quando fala do estado de coisas do mundo e aponta a "regressão" da sociedade, ela é assim serena. "A história se faz em espiral. Neste momento, estamos na parte alta da curva."Para mim é atingido por estes tempos instáveis, velozes...parece que ficou para trás.
"As pessoas têm mais tempo...para sair.
A "estética", da cidade é esta é elegante..pessoas bonitas na rua."Um público ideal, que se preste ao consumismo. Tenho esta impressão deste amundo aqui...da visão do mundo todo. São poucos em cada lugar. Mas somando todos...", muitos.
"A observação que faço exige uma atenção que não é fácil descrever."
Mas lembro que, quando observo incontáveis atributos é sincero... enfim, essa é minha geração...esta é minha cidade em termo de olhar hoje"
A cidade se apresenta com seus mitos e episódios históricos que pontuariam toda sua história e eu com a realidade no meu olhar..a descrever a fotografar.. "O Olhar de Joaçaba" que tem melhor eu o Frei Bruno lá do alto
Meu olhar é buscar lugares e identidades mas tb aquela estátuas brancas no alto e a história antiga da cidade, algo natural, que faz parte da nossa vida".
Não à toa, de difícil entendimento que não sabe disso.
Figura solitária numa cidade, ele próprio se espantaria com a cidade hoje em quatro décadas...depois
"Talvez seja o reconhecimento por alguma coisa que é, sobretudo, sincera.
"Vocês descobrirão qual é sentido de tudo isso tb..e pronto."

terça-feira, 27 de outubro de 2009

MEIGUICE

AGORA EU SINTO,
OS TEUS BRAÇOS !
QUE NÃO BUSCO
NENHUM OUTRO LUGAR!
FAZES DE MIM UM SER DE PAZ !
TUA MEIGUICE ASSIM ME TORNA !

domingo, 25 de outubro de 2009

Palacios

Mas o Brasil está começando a ficar arrogante com os seus setores que deviam dar exemplo de austeridade nos seu palacios de cristal.

bike


Viver o sonho de urbanistas e ir para o trabalho de bicicleta requer coragem
uma cidade de muito mais que carros, gente violenta muitas vezes com os pedestres.
Andei pensando na bicicleta elétrica, muito mais que a bike comum, nas nossas cidades ajuda a viver melhor e nos coloca dois opostos a aventura um passeio agradável para quem tem pouco medo de ladrão ou de atropelamento. e nã andar de carros a combustivel fóssil,ou alcool do e ai sem o status dos carros, a bicicleta motorizada eu sei que atrairia perguntas simpáticas do pessoal.
É possível passar por calçadas e também acelerar junto aos carros no cantinho das ruas. Pelos quarteirões de qualquer cidade, a vida é e seria mais assim descomplicada. Calçadas largas, vias arborizadas e tráfego lento fazem da ida à labuta uma motivação.
As calçadas são esburacadas serima um motivo contra, e o sol ficando intenso na avenida ou no horairo de Verão.
Eu já testei uma o motorzinho dá aquela acelerada quando necessário e chega a parecer efeito especial subir ladeiras, de tão fácil e silencioso que é.
Difícil saber se o transporte limpo pegará ou ficará no modismo.
Liberdade é a palavra. A bicicleta elétrica possibilita sair de casa em um veículo prático e sem as limitações do corpo em uma subida.Trajetos planos ou íngremes se tornam um passeio no parque. Só com pedaladas contínuas, mas sem esforço, a bicicleta ganha velocidade. Na hora de uma descida maior, o susto. Com mais peso na parte traseira, a bicicleta elétrica não tem tanta estabilidade quanto a comum.Também é problema para desviar abruptamente de alguma coisa. Virar o guidão de uma hora para outra deixa o pneu da frente bambo.Além disso, a "e-bike" não é para todo terreno. O rendimento é bom no asfalto, mas em ruas esburacadas, tem dificuldade para tracionar.Daí, as pernas fazem o serviço. A questão é que, neste caso, adicione de dez a 15 quilos de motor e bateria. Dobra-se o peso da bicicleta!Isso retira outra vantagem dos modelos comuns: a facilidade de carga. Levá-la em um trecho em que não é possível pedalar é bem difícil. Ainda assim, no asfalto, é só alegria. Se durar a bateria...

sábado, 24 de outubro de 2009

Flores e arvores

Ibicaré perto de Joaçaba


Lugares que andei..hoje

Para aqueles que não têm muita paciência com fotos,
eu demorei um tempo para enquadrar estas
imagens num dia que choveu e na tardinha fez sol.
"Negocio meio esquisito com gente fazendo coisas assim num sabado".
Mas, se a gente espera a chuva passar,
esperar mais do que umas 4 horas e meia,
ai chega o momento de entretendimento, essas fotos formaram se assim,
Trouxe a à mente os momentos mais pitorescos de meu dia...postei este blog,
Pode-se dizer ainda que tenho algum senso de humor, dizendo isso.
"Vocês, os Vivos" não tem uma procupação assim propriamente dita...é oque se vê por ai e me pergunto..... quando alguém me observa fotografando,
São várias tomadas sobre um local num meu fim de tarde, com a câmera parada...subindo e descendo...pela beiradas das estradas, ruas etc....
Usando variações de luz, as fotos que ai conferem, a que vê um tom legal,
Assim captei momentos da nossa paisagem, da vida e mais bem realista...impossivel e não tem photoshop
"Sou fixado no realismo. Sinto que o realismo da foto é o mais excitante. Não gosto de entrar sempre na esfera da abstração, do surreal..embora as vezes..goste. Mas gosto de ver o resultado é um grande "alívio". Na vida, como dizia Goethe todo ser diariamente deveria ver uma bela imagem que pode ser pintura, já que na sua época dele, não havia fotos como hoje " Isso deixa a gente contente pois, cada ser sente uma vibração e se estimula com isso..
"O poema sempre me inspirou na medida em que captamos nas palavras a beleza da vida e uma bela foto temos a noção de abraçar e curtir a natureza ou a vida, em vez de se sentir "angustiado ou aflito"...com as inquietações do dia dia
É uma ornamentação da coisas que temos na vida na expressão fotográfica" então aproveite veja, concorde ou não.
"Minha ambição ao fotografar é pinçar
o belo mais explícito possivel na realidade",

terça-feira, 20 de outubro de 2009

DEUSAS

JÁ PENSOU EM SER UMA,
COMO SERIA BOM..
Ser tratada como uma Deusa,
fazer TUDO E TUDO COM
prazer até o inimaginável..
e seria
TUDO seu eternamente.

O NOSSO OBJETIVO na vida nã é a divindade mas é SEMPRE a via da disciplina espiritual, que usa as cargas MENTAIS para facilitar a conexão com o divino. Se harmonizar as energias da vida e solucionar contradições e conflitos, EXISTENCIAIS, á cimad e tudo ir além e proporcionar UM um fluxo intenso de energia, este blog fornece instrumentos para expandir as fronteiras da consciência...e de algum desejo oculto, ser uma deusa.
Este era um caminho adotado para a divindade ou ser uma deusa na antiguidade...então!!!
Alguns estudiosos afirmam que as Deusas era comum na pré-história das religiões da Índia; hinduismo, budismo e jainismo. Trata-se de uma filosofia de comportamento nascida entre os drávidas há 5 mil anos, cuja sociedade e cultura eram matriarcais, sensoriais e desrepressoras. Aliás, eles passaram para a história como um povo que reverenciavam mulheres e deusas.
O eixo é um aumento assim do desejo pela vida.
Todos nós, aprendemos a usar a meditação, a visualização pelo imaginario e a fantasia para melhorar a nossa confiança emocional, o que nos leva a aprofundar significativamente o relacionamento afetivo com as pessoas que nos rodeiam., há nisso algo divino na nossa vida.
Se Reverenciar uma mulher, ou divindades femininas, eram comum neste povos e a traição desta tradição levava a ser perseguido, preso e torturado até a morte...nã corremos este risco hoje a perseguir a divindade. ok..em frente..então

"O cérebro ajuda o cérebro."

Tem coisas e coisas em relação a mente e ao intelecto humano
Assim como estudos estudos neurofisiológicos evidenciou a ação da serotonina nos impulsos nervosos ou emocional. "Esse tipo ação em baixa gera à depressão. Mas sempre há coisa novas.
E quando as coisas não se encaixam, a cabeça funciona mais...
Além de variadas marés de sorte e azar, a vida também oferece eventuais experiências que violam toda a lógica e as expectativas, são as tais anomalias produzem uma profunda “sensação do absurdo”. Freud atribuiu tal sensação a um medo da morte, da castração ou de “algo que deveria ter permanecido escondido, mas veio à luz”.
A sensação quando toma conta é desorientadora. Na pior, é arrepiante.
Há um estudo que diz que tais sensações, paradoxalmente, como essa mesma sensação pode preparar o cérebro para notar padrões que, do contrário, lhe escapariam —em equações matemáticas, na língua, no mundo em geral. “Ficamos tão motivados a nos livrar daquela sensação que procuramos significado e coerência em outro lugar”,
A revista “Psychological Science”. diz que “Canalizamos a sensação para algum outro projeto, e isso parece melhorar alguns tipos de aprendizado.”Os pesquisadores há muito tempo sabem que as pessoas se aferram mais firmemente às suas inclinações pessoais quando se sentem ameaçadas. Após pensarem na sua própria morte inevitável, elas se tornam mais patrióticas, mais religiosas e menos tolerantes a estranhos. Essas descobertas são variações sobre o mesmo processo: a manutenção do significado ou da coerência. O cérebro evoluiu para predizer e faz isso identificando padrões.Quando tais padrões se rompem —por exemplo, se alguém tropeça em uma poltrona no meio da floresta, como que caída do céu—, o cérebro tateia em busca de algo que faça sentido. Ele pode, em alguns casos, voltar sua atenção ao exterior, e notar, digamos, um padrão previamente oculto na trilha dos animais. A urgência em encontrar um padrão coerente torna mais provável que o cérebro encontre um, já que pode ser o nervosismo, e não a busca de significado, que leva a um estado mais elevado de vigilância.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

da espontaniedade e da emoção

a vida eh assim
a vida nos ensina como sermos espontâneos e naturais...curtir a a vida... mesmo junto a brisa ou um spray das cataratas do iguaçu...depois de um abraço a céu aberto com os filhos em 1997..

relax....é stress

Relaxe, é apenas estress
Se você acha que é estressado, lembre oque faz a adrenalina e a ansiedade aumentarem a níveis perigosos. Nos somos programados para lutar ou fugir, conforme substâncias químicas do cérebro e hormônios reagem a ameaças reais ou imaginárias.Infelizmente,

Nos humanos temos um talento para exagerar as imaginárias. “os seres humanos às vezes pensam demais, vendo ameaças fantasmas". O risco, é que a reação ao estresse, tão eficaz em uma fuga repentina de um tigre dente-de-sabre, torna-se prejudicial se nunca se descontrair. Como ratos de laboratório apinhados em gaiolas, os humanos ansiosos correm o risco de desenvolver padrões de pensamento compulsivos e problemas físicos.Alguns desses padrões compulsivos persistem durante o sono. Com a recessão econômica, dentistas americanos notam um aumento concomitante do bruxismo (ranger de dentes), atividade muscular subconsciente relacionada ao estresse. A maioria dos rangedores de dentes não nota o problema até que um dente se fragmenta, relatou o “Times”.Mais uma vez, a culpa está tanto em nossos ancestrais primordiais quanto em nosso sistema financeiro moderno.“O estresse, seja real ou imaginário, faz que os hormônios de fuga ou luta sejam liberados no corpo”, “Esses hormônios do estresse mobilizam energia e causam atividade isométrica, que é o movimento muscular —porque essa energia acumulada tem de ser liberada de alguma maneira.”Com ou sem recessão, algumas pessoas que rangem os dentes podem ter sido “programadas para se preocupar” desde o nascimento.

Há um estudo numa pessoa temerosa e se perturbava com qualquer tipo de mudança, fossem novos sons, visões ou pessoas. Exames de imagens do cérebro dessas pessoas revelam hiperatividade na amígdala, o centro do cérebro relacionado às reações primitivas de lutar ou fugir, como se poderia suspeitar.A boa notícia é que podemos desfazer os padrões compulsivos persistentes através da terapia cognitiva, que reorientou seus padrões de pensamento para longe do medo e da ansiedade constantes.

“As lutas internas sempre incomodam”,

“até que vc consegue simplesmente relaxar e se acalmar”. com esta terapia.

acredito

O meu abraço foi denso e forte,
senti no seu corpo todo esta afeto
vi assim no seu seu ato,
com
todos os reflexos de emoção,
escorrendo lagrimas por todo rosto,
a cor rubra assim
na face personificava a sua reação ao meu gesto.
será assim por por mim, mas será por vc,
mas não agora dizia comigo
enquanto a vagarosamemte minutos depois,
via afastando do alcance de meu olhar.
E talvez você não sinta,
o mesmo em relação a mim
ou a qualquer outro semelhante que faz este ato,
eh tudo uma graça que acontece com a gente,
e
com os outros,
mas que ato singelo com você,
será assim
carregamos,

nossas mentes de energias

dentre as idéias que ficou

uma foi esta.

paixão a primeira vista.
um homem metido
num sentimento
de que alguém
está destinada a ele
é profundo
Não lhe digo
o que acredito
Acredito pois
o que não lhe eh
Eh assim

Minha vida é andar por ai...e ficar por aqui tb...




sexta-feira, 16 de outubro de 2009

"O meu mundo tem um espelho aqui,


Aqui é como um monólogo..que às vezes parece que os assunto se repetem e se repetirem ou surgem nos mesmos moldes ou conotações de outros -mas a indicar um destino comum...as inquietaçãos, as precupaçãos as felicidades os prazeres. Com um detalhe fundamental: nesse não há colagem de assuntos, eles se repetem de diversos angulos pois na mente de que escreve eles se repetem, ou seja, varaios assuntos vividos por formas parecidas. Esse dado, reflete o o material exposto, faz parte de um jeito recurrente de ser.
Como na arte conceitual: importa menos o efeito estético de algo em si do que importe que ele representa ou pq ele é determinado...ai vem flôres...pessoas, quadros, pinturas paisagens etc...
Podem ler e ver "COMO UM ESPELHO MEU DIÁRIO" DE TUDO QUE ME CERCA.
desde o instantâneo até algo mais refletido ou complexo de uma realidade na qual há uma identidades se as vezes torna-se intercambiáveis na solidão narcisista, ou na realidade agitado do mundo de hoje, sendo resgatadas pelo olhar da camera, refletida pela escrita desta olhar representativo de algo como "uma espécie de resgate antiamnésia" - este é o contexto, sobre meu blog com fotos poemas e até álbuns de família.Mas também é possível conectar esse blog com a tendência contemporânea de transformar oque ocorre na própria mente um trabalho diário de escrita e "diário" fotográfico de "Histórias Reais".

"MEU ESPELHO DIÁRIO"
AQUI REFLITO MINHAS INQUIETAÇÕES

Acredito

Não lhe digo
o que acredito
Acredito
pois o que
não lhe eh
Eh assim,



Viu esta...


Viu esta: "Adoro ver essa demonstração de saúde ao meu redor", Adolph Hitler.

É evidente que o fato de escovar os dentes de manhã (coisa que os educados deveriam fazer sempre) não torna os praticantes de higiene bucal membros do clube do bem. Tampouco ter pena dos pandinhas faz de alguém um modelo de benfeitor ou um latente exemplo de pessoa. A analogia se dá pelo "que" de superioridade moral que muitas dessas pessoas associam à preocupação com os ursos pandas, a natureza e o antitabagismo. Quem disser o contrário, mente. O mesmo tipo de mentira moral acompanha grande parte dos comedores de rúcula (vegetariano...). Não comer carne significaria um dado de pureza diante da baixaria sangrenta típica dos comedores de picanha. Bobagem. Muitos canalhas se sentem mal em churrascarias, detestam tabaco e conversam com plantas.

Dizem por aí que Hitler era vegetariano... e que...

Então..Belos corpos, comida balanceada..preocupação com a alimentação, ar sempre puro, pessoas que agregam saúde aos comportamentos cotidianos...nã as tornam exemplos de pesssoas do bem...há muito canalha poluindo..e tabém nã poluindo..o meio ambiente...

As tentações do bem e a falsa virtude que se espalha por rostos que exalam o cheiro da mentira moral...
Se...Eu...morro de medo..destes puros..que se acham exemplos do homem homem evoluído? Respondo: sim,

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Vista

Vista de joaçaba

Ah se eu fosse grande no tempo em que eu era pequeno!
Por onde ando nesta cidade vejo sonhos reais,
então por favor, não chame meus maiores desejos de besteiras banais
Ser assim é ser humano, será que posso ser outra coisa quando crescer?

Por entre as pernas

Bem...eu olho longe...
quando possível..
e uso...
minha fé e meu conhecimento...
cientifico vejo alguém levando
um drible...
Por entre as pernas....
no futebol..
Vc...
pensou...
quem esta está tomando
um drible por entre as pernas...
não é muito legal...
meu conhecimento..
cientifico...
vejo ao longe alguém levando um drible...
O conflito entre ciência e religião..
sempre foi algo funesto...
Infelizmente, muito são
ou parecem injustos...
em relação a ambos...
assuntos
Existe uma aura de inocência
nos cientistas
e de sapiência nos cardeais,
como se cientistas fossem imaturos
e irresponsáveis perante
a autoridade moral da igreja.
O templo da ciência,
parece um brinquedo perante
o majestoso templo da igreja.
E, em termos de beleza,
não há mesmo o que comparar.
Mas a questão aqui é a função
de cada um.
Mas o que define a sociedade moderna?
Os "brinquedos" digitais da ciência
ou a moral ancestral da religião?
A sabedoria e a moralidade
não são província exclusiva
da religião.
Muitas pessoas sábias
e altamente morais não são religiosas...
ou pessoas sábias
e altamente morais são bem religiosas...
Todos sabem que matar é errado..
(mesmo que as religiões se esqueçam
disso com frequência),
e a maioria sabe que devemos
amar o nosso próximo.
Os desafios que enfrentaremos
ao longo deste século,
do aquecimento global
à crise de energia,
serão resolvidos
nos templos da ciência
e não nos belos templos
da religião...
Eu gosto dos dois...
mundos...
e quem leva o drible....
os dois..
se digladiando pelo mundo a fora.
Dilemas, resolvê-los
não vai mudar
os destinos da humanidade,
mas imagino com seria...
vendo longe...
Photos
Words
Rebel

terça-feira, 13 de outubro de 2009

segunda-feira, 12 de outubro de 2009