Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

terça-feira, 30 de junho de 2009

BELA SENSAÇÃO


Bela sensacão, numa tarde em que vou fotografar ao sons de passáros,um calor suportável de fim de tarde, um claridade no horizonte. que quase me ofusca a vista,uma leitura do pensamento qualquer,um movimento pra dentro, pronto num segundo, já estou vendo os temas, me guiando pela luz menos intensa, já estou entrando num mundo QUASE de imaginação e dele ja estou acostumado, mas num minuto quando comeco a clicar e sentir no momento que vejo sol...fim da tarde, em mim mesma tarde sinto algo que passa pelo meu olhar, bom continuei fotografando e so foi num momento depois foi se embora o pensamento,mas creio que consigo tocar-me a alma seja quem for senti a natureza..um belo por do sol.

segunda-feira, 29 de junho de 2009

"Não há como dizer sou cristão só em minha vida interior"
A vid te aspectos ligados a moral e a ética, e acho que posso ter uma espiritualidade no meu dia dia..

sábado, 27 de junho de 2009

De mim


Um pedaço de mim está e fica aqui...
Sabe, qdo não fico muito inspirado dá isso.

terça-feira, 23 de junho de 2009

Flor


Meus Versos
Terão Sempre
o Calor
e o Sentimento em Flor...
sempre sinto como
fosse uma Flor...
dócil,
 aveludada
e meiga...

Ah tudo se foi


“O que me dói,

é o que há no coração,

essas coisas lindas que nunca mais existirão...

entre nós..

São as sensações de algo, de que jamais poderei conhecer ou sonhar de vc,

o amor.

São como se a tristeza me tomasse conta entre tantos vestígios...

de vc.”

quinta-feira, 18 de junho de 2009

PEÃO

Ele brincou de pipas no Iomerê, em fantasia enfrentou o mal na forma de bruxos e fantasmas....
mas desde cedo foi um cavaleiro e agora um cavalheiro....
Estamos habituados a ver a criança em atividades bem diferentes da minha época dos anos 60 e começo de 70, nesta fase se trabalhava com essa "natureza de trabalho" - tropear gado...vacas e bois em geral..
Atividade cuja lógica muitas vezes só compreendemos após os "anos". Até seus conceitos do ser na época podem ser perseguidos como personagens de uma trama incansavelmente reescrita.: "Não me considerava um tropeiro ou um vaqueiro, mas sim um menino que brincava sobre um cavalo, "cavaleiro", não, é verdade, mas do "menino cavaleiro": longe de "Mitologias de cavalos", há muitos..que já li, são romances "com" histórias, "épocas dos impérios" "sobre" isto havia "histórias". É esse os "sentidos" da mitologia do cavalo....até Zorro fez história sobre um cavalo.
A foto explica a relação da vida, de um menino cheia de aventuras- estar no lombo de um cavalo são gestos de um cara que desde cedo que tinha horror à trivialidade, que levou a varias experiências, desde tropear gado como peão lá nos campos de Herciliópolis e Horizonte, para outras coisas interessantes na sua própria vida, fazendo de cada vivência uma ocasião bem vivida e que por certo merece ser escrita...ou vai ser escrita. aqui

terça-feira, 16 de junho de 2009

ALEGRIA

Se vc perdeu a capacidade de sentir alegria, esteja certo que o circuita esta lá,
Ele pode estra apenas inibido neurologicamente ou emotivamente,
mais ansioso ou temeroso
Eu gostaria de que todos pudessem desfazer de sua bagagem
emocional e retornar ao estado natural da alegria.
O segredo para se conectar a estes circuitos cerebrais é a disposição para interromper certas trilhas do pensamento cognitivo, voltar-se para ideias e desejos de paz.
Porém eh preciso que o nosso desejo de paz seja maior que nossa ligação com a infelicidade,
com o ego e com a necessidade de estar certo.
Há um velho ditado..assim
"Você que estar certo ou quer ser feliz"
Se vc gosta de felicidade deve estar sempre conectado com esta circuito, se isso é uma escolha então pq alguém não escolheria isto na vida.
Muitos apenas não percebem que temos a possibilidade de escolher e portanto não exercitam essa capacidade de escolha.
*fotoacr. parque da redenção.indios Porto Alegre

sábado, 13 de junho de 2009

CASA DO MENINO POBRE


Existe uma casa no caminho,
de CATANDUVAS à TREZE TÍLIAS..
Eu chamo, de casa a beira da estrada
E isso tem sido assim toda vez que passo ai,
Tem um um pobre menino,
como há muitos por ai,

Agora, a única coisa que um homem precisa
É uma Canon TI e nada mais,
E a única vez que registrei e ele ficou satisfeito
É quando ele está sentado a beira da estrada
Um menino
Oh mãe natureza que dá a seus filhos,
Tudo e nada,
Não dizer o que tenho,
Sua vidas em miséria
Na Casa ao por do sol,
Bem, eu tenho sorte na vida,
O meu pé na estrada,
vendo o lindo por do sol,
em contraste com a pobreza do menino,
Estou indo de volta para joaçaba,
Para usar essas fotos se vc passar por lá
Há uma casa em algum lugar,
Lá é belo o por do sol,
E isso, na casa só pobreza de muitos e de um um pobre menino
E meu Deus eu já fui também um pobre menino assim


Eu sei que sou um previlegiado


Ver um lindo por do sol


Contrastastando com uma pobre casinha

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Uma rota


Uma
rota
gran
de....
se
for
ma
dia
nte
de nós, belos estimulos...belas fotos como consequência.... com gente passando bem mais tempo para observar aquilo que nos eh dado pela natureza e que o homem, do mal que vem tentando não ver, ou apenas ver, as obras irretocaiveis que não mercem a sina da destruição.

segunda-feira, 8 de junho de 2009

beleza

O silêncio, a concentração...a reflexão..de tudo que existe....
....Justamente, sentimos uma certa intemporalidade, vendo certas coisas que há anos estão ai..na natureza...montes...pedras..o relêvo... a árvore na encosta da pedra.
A vezes dá a impressão de não ter tempo de mais nada na vida, outras vezes o tempo não passa sinto tudo, como algo entediante". mas também dá trabalho ao homem no seu caminho...diante da beleza... E do que não gostar? Daquele monólito todo enigmático e sua árvore..nas encosta..junto

na estrada..pensar não estraga minha viagem...registro tudo...para depois rever e pensar melhor sobre o tempo, a viagem, a vida etc...
Criamos uma linguagem para descrever o mundo, que não podemos deixar de achar bela...a fotografia.

sábado, 6 de junho de 2009

Um belo cão


essas fotografias lembram, num jeito mais fácil oque dizer da natuureza...como tem coisa bela por ai...
a fotografia..corporificada numa linguagem sensível, marcada pelo beleza e singularidade.
"foto.rebel"