Rebel: Imagens, palavras..minha essência... um amigo da natureza

Rebel

LOOKING IN WINDOW


R.E.B.E.L - Most View- - Week- Top Ten

domingo, 2 de julho de 2017

Happy-few

Eu não sou um  
cara que se denomina 
happy-few (pouco feliz)". 
Hoje, as pessoas por ai que eu vejo 
é que estão tristes, dizem estar deprimidas. 
Não falam que têm medo, 
mas que têm fobia. 
Não dizem que estão cansados, 
mas estressados.
...
"O sofrimento",
tem se transformado em "doenças". 
Há uma "vantagem" em transferir 
o sentimento para a doença...
a doença tira um peso maior.
"O julgamento moral é menos pesado 
quando a pessoa se apresenta como doente.
"Há mais depressão..
que a real existente.
Isso não é consenso na classe médica...
mas eu digo que há exageros em alguns diagnósticos, psiquiatras afirmam que 
a doença pode atingir de 30% 
a 40% da população mundial em algum 
momento da vida.
"Existe um ciclo químico na depressão", 

"Muitos diagnósticos são feitos de forma errônea, 
mas é inegável 
o aumento no número de casos nos últimos anos"
Ter amigos ajuda, mas não é suficiente...
quando você tá triste precisa ter força 
e pensamento legal,
nesta horas...
curti a vida..ter esta interação com a natureza,
há tanto por ver por ai..
 VIVER É 
“mais bonito que mundo pensa, 

que a gente pensa, 
comecei 
a saborear a vida assim 
e só depois de reconhecer a sua beleza..
isso,
melhora até o ar respiramos" .
Estar aqui é um milagre", cada dia viver assim...ótimo.
Então happy-few (poucos felizes)...
não eh drepê.